Archive for fevereiro 2008

Interpretação da lei não terá distinção de Gênero

Eu fico pensando que eu realmente devo ter sido abduzida e não lembro, porque se isso é notícia e precisa ser decidido, é porque eu tô no planeta errado mesmo.

Interpretação da lei não terá distinção de Gênero

 

As mulheres brasileiras não poderão mais ser privadas de direitos legais por causa de má interpretação das leis que garantem direitos a todos os trabalhadores – expressão utilizada no gênero masculino, mas que engloba ambos os gêneros.

 

 

O reconhecimento dos direitos femininos está previsto no Projeto de Lei do Senado 62/06 – Complementar, da senadora Roseana Sarney (PMDB/MA), que recebeu nesta quarta-feira (27) parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça do Senado (CCJ).

 

 

O projeto determina que, na redação de textos legais, “qualquer referência será entendida como abrangendo ambos os gêneros, indistintamente, salvo quando houver disposição expressa em contrário”.

 

 

Trabalhadoras

 

Segundo a autora da proposta, o projeto tem o objetivo de evitar o desrespeito a certos direitos das trabalhadoras, sob o argumento de que tais direitos apenas beneficiam trabalhadores homens, não obstante a vedação constitucional a tal discriminação.

 

 

Com o objetivo de corrigir a distorção, a matéria altera a Lei Complementar 95, de 1998, que dispõe sobre a elaboração, a redação, a alteração e a consolidação das leis, com o objetivo de garantir a aplicação das normas legais contra a discriminação de gênero.

 

 

Má interpretação

 

Em seu relatório favorável ao projeto, a senadora Serys Slhessarenko (PT/MT) lembrou que é comum que as trabalhadoras mulheres sejam prejudicadas pela má interpretação da lei, que somente refere-se a homens, embora queira abranger ambos os sexos.

 

 

“Essa é mais uma conquista importante para as mulheres. Mais um motivo para se comemorar o Dia Internacional da Mulher” afirmou a relatora. A matéria passará ainda no plenário da Casa.

Fonte: Diap com Agência Senado

mudras

Como esse é um blog cheio de mandingas e eu adoro uma mandinga, vou colocar aqui dois mudras que ajudam a reduzir o peso. Primeiro, o Linga Mudra.

 

Pra quem não sabe, mudra é uma espécie de yoga para as mãos, e é uma arte milenar.

 

Mudras são coisa muito séria e dizem que assim como os mantras eles têm o poder de mudar a vida. Eu infelizmente sou muito auto-sabotadora pra tentar algum deles com força, mas confesso que adoro a idéia de que eles podem funcionar. Não sou cem por cento convencida é claro e nem acho que são pílulas mágicas. Pensamento mágico, talvez, cura milagrosa, não. Gosto da idéia de que eles poderiam ajudar, que a sabedoiria milenar por trás deles realmente tem alguma eficácia…

De todo modo é um simples gesto, e assim como nos florais (viu Kathia?) não é preciso acreditar neles nem nos mantras para que façam efeito. Os mantras eu sei que fazem, pois teve um mantra que revolucionou a minha vida, eu tenho muito respeito por eles.

 

Ah, e tem um mantra que ajuda a emagrecer, mas eu ainda não tentei, depois eu posto mais sobre mantra.

Essa história de mudras é muito engraçada. Tem mudra de prosperidade, para gripe e para várias coisas, é super interessante. E como eu acho que as mãos são algo extremamente poderoso, adoro a idéia por trás do “conceito”. (Acho essa palavra conceito engraçada. E meio baranga.) ( Acho que depois vou postar o mudra da prosperidade né? Que tal?)

Agora o mudra.

 

 

 

Nesse Mudra, una as palmas das mãos e entrelace os dedos. Um dos polegares permanece voltado para cima, circulado pelo polegar e pelo indicador da outra mão.

 

 

Mantenha as mãos em fren­te ao peito. Isso pode ser feito três vezes por dia, durante 15 minutos.

 

 

Esse Mudra estimula o sistema imunológico do corpo e libera o muco dos pulmões.

 

 

Acredita-se que o Linga Mudra deixe o corpo mais resistente a resfriados e infecções do peito. As pessoas que sofrem de gripes e infecções incuráveis do peito são aconselhadas a praticar esse Mudra.

 

 

Acharya Keshav Dev diz que esse Mudra gera calor no corpo e “‘queima” a fleuma acumulada no peito, possibilitando uma capaci­dade mais rápida de recuperação.

 

 

Esse Mudra também ajuda na redução de peso. Contudo, devi­do ao calor que gera, pode causar um estado de letargia. Aqueles que querem perder peso com essa prática devem consumir alimen­tos frescos, como frutas, ou beber o máximo de água que puderem -no mínimo oito copos por dia.

 

Extraído desse livro.

 

 

Mas um mudra específico para perda de peso é o Surya Mudra. Parece que esse queima mesmo gorduras, e é mais fácil de fazer. Se feito de 5 a 20 minutos por dia, durante 25 dias, reduz o peso, melhora a distribuição de gorduras e ajuda em outros distúrbios causados pelo excesso de peso.

 

Esse eu vou já já começar a fazer.

 

Este mudra é feito dobrando o dedo anular e pressionando o polegar com leve pressão. Deixe os outros dedos soltos. Veja aqui.

 

 

marina w

A Marina W, dona de um blog delicioso, que eu adoro ler, manda avisar que está em novo endereço. Agora ela está aqui. Um dos melhores blogs. Mesmo, mesmo. O blog dela era o antigo blowg.pixelzine.com Agora é http://marinaw.com.br

minina, minina

Eu não tenho muito costume de pintar as unhas, de ir ao salão, fazer escova e afins. Eu até gosto, mas tenho preguiça. Quer dizer, eu sempre tenho alguma coisa que eu acho mais interessante pra fazer. Eu acho perda do meu tempo fazer isso, porque sou muito ávida pra zilhões de coisas, então não posso evitar o sentimento de estar gastando um tempo precioso onde eu poderia estar fazendo um monte de outras coisas indo ao salão, fazendo unhas e etc. Mas gosto de estar com unhas feitas, cabelo arrumado e tal. Por isso, inevitavelmente sempre opto por não estar com unhas feitas, cabelo de escova e tal.

E tem gente que confunde isso. E confunde isso com alguma tosca noção de que eu acho isso fútil, porque eu sou intelectual (isso tb é um confusão das bravas). E que oh, oh, oh (seria mais coerente com a noção de que elas têm de intelectual?) que eu desprezaria isso.

O que não é verdade. Como a gente sempre conhece mal as pessoas né?

Eu só tenho preguiça. Mas acho bonito, não acho tão fútil e etc. Se já está pronto eu curto. Acho divertido.

O fato é que quarta feira eu pintei as unhas de vermelho. Coisa que acho que desde solteira eu não fazia, não sei mais porque. Fiz escova no cabelo também.

E teve mais de uma pessoa que veio me falar que eu fiquei mais feminina assim. De cabelo escovado e unhas pintadas.

Eu me espanto com isso. Muito e de verdade. Embora não seja novidade passar por isso. Eu me espanto porque nada na minha essência mudou. Só o visual mudou e ainda assim até a próxima acetona. Eu só não estou de coque com minha juba indomada e tenho as unhas pintadas de vermelho. E ainda assim fiquei mais feminina.

Sabe que eu acho isso uma visão muito pobre de feminilidade? Mas muito pobre mesmo. Eu não fiquei mais feminina por causa da escova e das unhas vermelhas. E nem as unhas vermelhas ou a escova foram reflexo de uma súbita “feminilização” do meu ser. Disso eu tenho certeza absoluta.

minina, minina

Eu não tenho muito costume de pintar as unhas, de ir ao salão, fazer escova e afins. Eu até gosto, mas tenho preguiça. Quer dizer, eu sempre tenho alguma coisa que eu acho mais interessante pra fazer. Eu acho perda do meu tempo fazer isso, porque sou muito ávida pra zilhões de coisas, então não posso evitar o sentimento de estar gastando um tempo precioso onde eu poderia estar fazendo um monte de outras coisas indo ao salão, fazendo unhas e etc. Mas gosto de estar com unhas feitas, cabelo arrumado e tal. Por isso, inevitavelmente sempre opto por não estar com unhas feitas, cabelo de escova e tal.

E tem gente que confunde isso. E confunde isso com alguma tosca noção de que eu acho isso fútil, porque eu sou intelectual (isso tb é um confusão das bravas). E que oh, oh, oh (seria mais coerente com a noção de que elas têm de intelectual?) que eu desprezaria isso.

O que não é verdade. Como a gente sempre conhece mal as pessoas né?

Eu só tenho preguiça. Mas acho bonito, não acho tão fútil e etc. Se já está pronto eu curto. Acho divertido.

O fato é que quarta feira eu pintei as unhas de vermelho. Coisa que acho que desde solteira eu não fazia, não sei mais porque. Fiz escova no cabelo também.

E teve mais de uma pessoa que veio me falar que eu fiquei mais feminina assim. De cabelo escovado e unhas pintadas.

Eu me espanto com isso. Muito e de verdade. Embora não seja novidade passar por isso. Eu me espanto porque nada na minha essência mudou. Só o visual mudou e ainda assim até a próxima acetona. Eu só não estou de coque com minha juba indomada e tenho as unhas pintadas de vermelho. E ainda assim fiquei mais feminina.

Sabe que eu acho isso uma visão muito pobre de feminilidade? Mas muito pobre mesmo. Eu não fiquei mais feminina por causa da escova e das unhas vermelhas. E nem as unhas vermelhas ou a escova foram reflexo de uma súbita “feminilização” do meu ser. Disso eu tenho certeza absoluta.

Terapia da Boa Alimentação

TERAPIA DA BOA ALIMENTAÇAO
Autor: PIROTT, LAURA
Editora: PAULUS EDITORA
Assunto: CRENÇAS-AUTO-AJUDA
ISBN: 8534921989
ISBN-13: 9788534921985
Brochura
1ª Edição – 2004
46 pág.

Sinopse:

Este livro apresenta uma visão diferenciada do que é alimentar-se.
Terapia da boa alimentação mostra que a comida não é boa nem má em si mesma; ela é naturalmente neutra.
Neutra, porém, não é nossa atitude acerca da comida, sugere o autor. Quando fazemos nossas escolhas e estabelecemos nossos hábitos alimentares, é com o nosso bem-estar que devemos nos preocupar.

Deixe este ¨menu¨ repleto de dicas saudáveis e informações importantes guiá-lo para uma melhor nutrição com vitalidade e qualidade de vida.

pra que eu me lembre

Eu fico pensando que encontrar comigo de novo é difícil. Muito difícil e vejo como o equilíbrio é muito delicado. Acho que agora preciso entender que uma máxima que eu li neste livro aqui é verdade. (Aliás acho que esse livro está sendo pra agora o que este outro foi há dois anos.

Emagrecer primeiro, depois o resto. Análise não emagrece, yo se, bem sabe quem lê isso aqui. Ficar analisando não fecha a boca. Porque se é verdade que a gente fica mal porque está gordo, também é verdade que se está gordo porque se ficou mal. Eternamente né?

E essas duas semanas eu não tenho tido fome. Eu já tive uma fase assim uns tempos atrás, mas desta vez está durando mais. Quase como se eu tivesse encontrado comigo mesma antes. Porque eu poderia até nunca emagrecer, mas eu não seria eu nunca mais. Nunca fui gorda na vida e não reconheço essa pessoa. Esse discurso é chato e eu sou a primeira que acho isso. Mas as coisas parecem estar entrando nos eixos, eu quero acreditar. Menos falação e mais ação.

A semana foi lindinha, sim. Não foi perfeita, como não poderia ser, mas foi boa, como em muito tempo, muito tempo… que bom ter este refresco de liberdade, de se ver um pouco menos escravo desta chatice. Ufa!

Então talvez algo esteja mesmo mudando. eu sei também que não vou nunca mais ser a mesma pessoa, mas quero gostar de ser, só isso.

Coloquei as fotos pra que eu me lembre. Não escolhi só foto em que eu acho que fiquei bem. Nem magra. Fiz um amostra de quem eu penso que era, como era. Algumas estão bem ruinzinhas, são velhas e meu scanner já tá na hora de ser trocado. Mas isso é pra mim mesma, de resto. Pra que eu me lembre.

 

O post ficou confuso. Mas combina comigo, confusa.

Nossa, o aprendizado vai super bem. Há anos que eu não tenho uma semana tão certinha, tão produtiva. Tá inacreditavelmente bonitinha. É como se eu tivesse voltado a ter o comportamento que eu tinha quando magra…Tipo minha cabeça da época magra. Espero muito que continue assim…

Depois volto contando mais novidades.

fidel

Eu nem acredito que agora já não dá mais pra realizar um sonho de adolescente: Ir à Cuba com Fidel ainda no poder. Eu tive algumas oportunidades. E não aproveitei. E agora é tarde demais. Espero que isso sirva de aviso pra mim mesma a respeito de adiar os sonhos.

 

 

 

Eu não vou falar nada sobre ele. Nem sobre Cuba ou sobre a Revolução. Que além de não poder falar nada de modo não sentimental, realmente não há nada que eu possa falar. Não acrescentaria nada.

fidel

Eu nem acredito que agora já não dá mais pra realizar um sonho de adolescente: Ir à Cuba com Fidel ainda no poder. Eu tive algumas oportunidades. E não aproveitei. E agora é tarde demais. Espero que isso sirva de aviso pra mim mesma a respeito de adiar os sonhos.

 

Eu não vou falar nada sobre ele. Nem sobre Cuba ou sobre a Revolução. Que além de não poder falar nada de modo não sentimental, realmente não há nada que eu possa falar. Não acrescentaria nada.

Vício dos Vícios

Editora: MG Editores

Ficha Técnica: 3 ª.

Edição 1987 154 pág.

Este livro, o décimo segundo escrito por Flávio Gikovate, trata da vaidade, emoção humana fundamental e que foi complemente esquecida pelos textos contemporâneos de psicologia. O prazer de se exibir, chamar a atenção e se destacar – que é como a vaidade é definida pelo autor – participa de todas as ações do ser humano e é parte essencial em todo o tipo de interação social. Está presente na raiz de todos os vícios, e é daí que deriva o título deste estudo contundente sobre a nossa maneira de viver. A tese fundamental defendida aqui é a de que a serenidade, a paz de espírito e a boa qualidade de vida só serão possíveis para aqueles que não se deixaram escravizar pela vaidade. Este trabalho também defende o ponto de vista de que uma ordem social mais estável e mais justa só será alcançada quando os homens se voltarem para as coisas mais essenciais da vida e abandonarem a obsessão pela superficialidade e pela ostentação de todo o tipo.

Fonte: www.flaviogikovate.com.br

El Susurro de La Mujer Ballena

Colección: Autores Españoles e Iberoamericanos

260 páginas

ISBN: 978-84-08-07399-4

Tapa dura 15 x 23 cm

Publicación: Junio 2007

Finalista del Premio Iberoamericano Planeta-Casa América de Narrativa 2007. Una intrigante novela sobre los caminos que puede tomar una secreta amistad entre dos mujeres.

Sinopsis: ¿Qué caminos puede tomar una tierna y secreta amistad entre dos colegialas? ¿Hasta dónde se puede llegar, muchos años después, cuando una de ellas trata de revivir esa relación perdida, o cuando quiere vengarse de una ofensa que nunca ha podido olvidar?

Verónica es una mujer que goza de una vida plena: un matrimonio estable, un hijo cariñoso, un apasionado amante, y un prestigioso cargo como periodista.

Rebeca, en cambio, soporta el tormento de su grotesca gordura. La soledad, la amargura y la rabia abonan su sed infinita de culpabilizar a alguien. Ese alguien, su amiga secreta del colegio, tropieza con ella en un avión, y allí se inicia esta intrigante e intensa novela con la que Alonso Cueto reafirma su exquisito talento.

==========

“El pasado es un agente inspector. Sus emboscadas son periódicas y repentinas. Se materializa como por arte de magia. Es una sombra con manos fibrosas. No tiene rasgos faciales. No tiene edad. Nos entrega una hoja en blanco. Nos negamos. Pero él insiste con su voz dura y lenta y fresca. Va a regresar.”

Verónica es una mujer satisfecha con su vida. Un marido tranquilo, un hijo adolescente a quien adora, un trabajo que le gusta e incluso la relación clandestina con un antiguo novio que le ofrece cada semana la emoción de la trasgresión.

Periodista de internacional en un periódico prestigioso, viaja a Bogotá para hacer un reportaje y en el viaje de vuelta descubre que junto a ella se sienta Rebeca del Pozo, una antigua compañera de colegio. Rebeca se ha convertido en una mujer descomunal, en una ballena, como ya la llamaban en el colegio y, aunque Verónica intenta pasar desapercibida, es Rebeca quien la aborda y quien intenta reanudar la relación que terminó hace tanto tiempo.

Rebeca comienza a acosar a Verónica, la llama, la busca en el trabajo, se comporta como una loca. Aparece en los lugares más insospechados, con su enorme cuerpo y su lengua delirante, inquietando cada vez más a una Verónica paralizada. Porque lo cierto es que Verónica se siente indefensa ante esta antigua amiga que le hace afrontar unos hechos que ha querido aunque no ha podido olvidar: la crueldad de sus compañeros del colegio para con esa niña distinta a todas las demás, esa “Revaca” como era llamada, objeto de burla constante, con quien Verónica mantenía una relación clandestina para evitar los reproches de sus amigos.

Este es el comienzo de una inquietante historia que mezcla elementos de la novela de terror psicológico con una historia intimista. Contada en primera persona, el lector asiste con el aliento entrecortado a este enfrentamiento de la protagonista con la culpa, esa culpa antigua que subyace en lo más profundo del inconsciente y que el autor ha sabido encarnar con la habilidad de un maestro.

Y será a través de esta culpa recobrada, como Verónica se enfrentará a su verdad, a la realidad de su vida, anclada en un matrimonio cobarde. Y también a su pasado, y a unos terribles acontecimientos que nunca ha sabido asumir. Verónica mirará a su alrededor por primera vez y lo contemplará todo como si fuera el mapa de un país desconocido. Su temor a envejecer, su afán por seguir guapa, todos sus miedos chocarán contra la realidad de su antigua amiga.

Porque si Verónica es la culpa, Rebeca es la humillación, la soledad y el dolor, un dolor oculto, eterno, que empezará a supurar como la lava de un volcán, lento e implacable al principio y con un estallido final que querrá destruirlo todo.

Entre ambas mujeres se establecerá una relación marcada por los desencuentros, por los silencios y los miedos de una y los reproches de la otra. Una relación sobre la que se cierne un hecho que ninguna de las dos es capaz de sacar a la luz: aquella noche lejana donde todo quedó destruido, la amistad y la inocencia.

“Aunque no sé la razón, creo que todo lo que me ha ocurrido tiene algo que ver con lo que pasó esa noche en la fiesta. Así como puede haber un virus que a una cierta edad entra en nuestro organismo para siempre, creo que el recuerdo de esa noche, la música, las voces, las palmas que yo batía, circula desde entonces en mi conciencia. Las pesadillas de la culpa se han vuelto realidad y todo está claro.”

El susurro de la mujer ballena

Una prosa afilada como un bisturí de personajes hondos e intriga absorbente

Ya desde el título de esta impactante novela, el lector queda atrapado por la prosa afilada como un bisturí con la que Alonso Cueto disecciona a sus personajes. Tanto Verónica, cuyo relato en primera persona muestra los rincones más ocultos de su mente, como Rebeca, cuyos sentimientos solo conocemos por sus palabras y sus actos, son personajes con una fuerza y una complejidad turbadoras.

Como en toda buena obra literaria, El susurro de la mujer ballena trasciende el argumento para ahondar en lo más profundo del inconsciente colectivo. El lector empatiza de una forma inmediata con las protagonistas. Se siente Rebeca y también se siente Verónica, porque ambos personajes poseen esa cualidad intangible de lo que está escrito desde la verdad y la honradez.

La intriga que subyace a lo largo de la historia se ofrece con un medido cuentagotas, manteniendo un interés casi obsesivo en el lector por una trama digna de Hitchcock. Pocas veces un relato intimista tiene la fuerza que tiene esta novela y pocas veces un autor es capaz de transformar esos momentos reflexivos, casi líricos, en una pesadilla y hacerlo con una transición sin estridencias. Alonso Cueto narra el terror de lo cotidiano, lo cubre con un halo de tragedia, de anticipación, avisa de que algo terrible está por ocurrir y entonces ya no hay manera de alejarse del texto hasta su conclusión.

Pero la historia de Cueto tiene también un lado más amable. Porque, a pesar de todo, esta es también una historia sobre la amistad. Una amistad conmovedora, emocionante, dura, marcada por la traición. Pero una amistad que puede redimir, limpiar todo lo emponzoñado. La magnífica última escena de esta obra es una reivindicación de esta amistad desde su lado más doloroso, pero también más auténtico.

Novela de personajes y de emociones. Novela de dolor y de terror. De silencios y de culpa. Una magnífica historia narrada con fuerza, habilidad y belleza.

Fonte:

http://www.casamerica.es/es/casa-de-america-virtual/literatura/articulos-y-noticias/el-susurro-de-la-mujer-ballena?referer=/es/casa-de-america-virtual/literatura/articulos-y-noticias

Magra e Poderosa

MAGRA E PODEROSA
Autor: BARNOUIN, KIM
Autor: FREEDMAN, RORY
Editora: INTRINSECA
Assunto: MEDICINA E SAUDE-DIETAS
ISBN: 8598078212
ISBN-13: 9788598078212
Brochura
1ª Edição – 2007
Livro com 189 páginas

=====

Leiaesse ótimo post sobre o livro aqui: http://oicult.blogspot.com/2007/12/magra-e-poderosa-apenas-isso-que.html

=====

“Magra e Poderosa”: é apenas isso que desejamos?

Estava passando os olhos na revista que vem todo domingo no jornal O Globo quando me deparei com uma reportagem com o seguinte título: “O pulo da gata: saiba como um livro de dieta disparou da posição 77.938 para o primeiro lugar na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos”, escrita por Isabel Caban, cuja foto principal era da ex-integrante do grupo Spice Girls, Victoria Beckham, que possui 1,63 de altura e cerca de 45 Kg, em uma livraria com o livro em mãos.
Assim começava a reportagem:“Aconteceu em maio deste ano, nos Estados Unidos: um livro de dieta lançado em 2005 e que ocupava a posição 77.938 na lista dos mais vendidos naquele país pulou para o primeiro lugar por causa de uma única foto publicada na imprensa. O crescimento registrado nas vendas foi de 37.000% (sim, com todos esses zeros). A foto era de Victoria Beckham e o livro, chamado “Skinny bitch” – atualmente o terceiro na relação publicada semanalmente pelo jornal “The New York Times” (…)”Inocentemente, pensei que a reportagem mostraria como esta foto foi um mecanismo usado para aumentar a vendagem do livro. Porém, ao ler a reportagem percebi que ela nada mais era do que mais uma jogada de marketing para vender o livro no Brasil, já que seria aqui lançado na quarta-feira (21/11/2007) pela editora Intrínseca, com o título Magra & Poderosa.
A reportagem mostra como o livro (escrito por Rory Freedman, agente de modelos, e Kim Barnouin, ex-modelo) possui uma proposta radical que pode ser percebida a partir de alguns trechos nela destacados:“(…) torne-se vegetariana para ser saudável, magra e ‘colocar um biquíni cavado para rebolar como se fosse a rainha da cocada preta’.”

“De nada adianta ser uma porca gorda. Beber álcool sempre = síndrome da porca inchada”.

“Se você acha que a dieta do dr. Atkins irá fazê-la emagrecer é porque é uma total idiota”.

Embora cite todos esses trechos absurdos, a reportagem recorre a dois recursos muito utilizados pela mídia para legitimar suas mensagens: busca a opinião de um especialista e pesquisas científicas. A nutricionista Adriana Bassoul, que acompanhou a tradução do livro, deu a seguinte declaração: “Me assustei quando comecei a leitura, mas rapidamente entendi que a intenção é dar uma sacudida”. Além disso, as autoras teriam recorrido a inúmeras pesquisas – mas, curiosamente, não há referência concreta a nenhuma delas – até chegarem à conclusão de que se deve parar de comer qualquer carne animal para se alcançar o tão desejado corpo magro.

O vegetarianismo é uma filosofia de vida que entende o consumo de alimentos de origem animal como uma prática desnecessária, que prejudica a saúde humana, o meio ambiente e a sociedade. Os animais são capazes de sentir amor, dor, medo e solidão. Desse modo, a maneira como são criados não atende às suas mais básicas necessidades e são mortos de forma bastante cruel, pois não há como matar um animal de forma “humanitária”. O livro “Magra & Poderosa” esvazia o real sentido do vegetarianismo, reduzindo-o a um único objetivo: deixe de comer qualquer tipo de carne animal para obter um corpo magro e belo.
Além de fazer propaganda do livro, a reportagem traz um box com endereços de locais onde se pode encontrar comidas destinadas aos futuros adeptos da dieta contida em “Magra & Poderosa”, com o seguinte título: “Roteiro orgânico: onde comer o que se deve”, que consiste não apenas em uma simples dica, mas também em uma ordem.
A reportagem me fez pensar também no atual culto a um corpo magro e livre de qualquer tipo de gordura. Dando uma rápida observada em bancas de jornal e guichês de supermercados, podemos ver uma série de revistas dedicadas à obtenção do corpo escultural. Duas dessas revistas me chamaram muito a atenção por algumas semelhanças que possuem com o livro em questão: Boa Forma, da Editora Abril e Corpo a Corpo, da Editora Símbolo.
Ambas as revistas, assim como o livro, trazem implícita ou explicitamente a idéia de que ser magro é uma obrigação e a chave para o sucesso, que virou, em nossa atual sociedade, sinônimo de felicidade. Transmite-se a idéia de que se você não possui um corpo magro é porque você não quer, pois eles te trazem os segredos para isso, você é que não tem força de vontade e determinação suficiente e, portanto, é um fracassado.
O livro Magra & Poderosa se beneficiou da foto da magérrima Victoria Beckham segurando um de seus exemplares para alavancar suas vendas. Já as revistas utilizam um outro mecanismo para isso: trazem em suas capas atrizes sem nenhum vestígio de gordura, quase sempre vestindo apenas um biquíni, deixando para o consumidor a sensação de que se ele comprar a revista e seguir seus conselhos também alcançará aquele corpo. Em seu interior, as revistas contem dicas de boa alimentação, tratamentos de beleza, dietas que prometem fazer milagres em semanas e uma reportagem com a atriz da capa, na qual, a mesma apresenta seus “truques de beleza” e exibe suas medidas: altura, peso e medidas dos quadris, busto e cintura, como sendo o padrão ideal a ser alcançado.
É curioso pensarmos como é possível que num mundo onde milhares de pessoas morrem de fome haja tamanha preocupação com a busca da magreza. Como é possível a correlação entre ser magro e ser poderoso. O que é mais uma coisa curiosa: a aparência como uma moeda de troca, como a chave para se alcançar o sucesso e a felicidade. Será que devemos nos deixar seduzir por essas mensagens canalizando nossas energias na diminuição das calorias de nossas refeições para que sejamos magros, belos, poderosos e aceitos socialmente, ou devemos direcioná-las para a busca de um mundo mais justo e humano, onde todos possam viver com dignidade? A escolha somos nós que devemos fazer…Ano 4, número 173, 18 de novembro de 2007.
Fonte:

queijo

Eu não sei porque cargas d’água eu desenvolvi uma alergia das bravas a queijo parmesão. Na viagem eu passei mal por causa de uma pitada ínfima, menor que a de sal que coloquei num prato só pra sentir o cheiro mesmo. Porque eu amava queijo parmesão. Amava mesmo. Mas a pitadinha de nada quase me estragou um dia inteiro de curtição.

 

Semana passada no almoço semanal na casa da minha mãe ela fez macarrão e colocou queijo. E o macarrão da minha mãe é misturado, ela não joga só por cima, mistura mesmo o macarrão, molho e etcs… Eu como tenho uma dificuldade grande pra aprender, fiz o prato e coloquei a primeira garfada na boca. Tiro e queda, passei mal pra caramba.

 

Bom, hoje lá fomos nós de novo pra almoçar na mama. E ela de novo fez macarrão. Dessa vez sem um pingo de parmesão. Mas só de olhar o macarrão eu comecei a passar mal. E não almocei direito.

 

Dai que lascou com a tarde. Eu ainda não extrapolei, mas ficou muito claro a falta que fez um café da manhã e um almoço decentes. Porque a falta de comida repercutiu à tarde e agora eu estou morrendo de fome, mas fome de carboidrato, de coisas que engordam. Ou seja, óbvio que é mais que fome né? Pra vocês verem como é delicado o equilíbrio de um viciado, ainda mais em comida. Porque largar o cigarro foi muito mais fácil do que largar o vício de comida, eu não estava exposta a dose nenhuma. E eu era fumante inveterada, ninguém acreditava que eu pudesse largar.

 

Eu quero duas coisas com esse post: agora que estou anotando tudo e conseqüentemente sendo obrigada a prestar atenção no que como, de verdade (que é a primeira vez em muito, muito tempo, que faço isso por dias seguidos, a sério e sem pirraça) eu resolvi que vou sempre escrever quando acontecer, pra ficar registrado pra mim mesma os gatilhos que disparam as “erradas”. Devagar eu aprendo. Não que eu já não soubesse dessas coisas em mim, mas agora resolvi prestar atenção.

 

A segunda é falar que eu fui em uma reunião dos Comedores Compulsivos Anônimos ano passado, mas achei muito pesada a ênfase que se deu à palavra doença naquela reunião. Doença, doentes, somos todos muito doentes, não temos cura, muito complicado. Uma questão de semântica, talvez, mas pra mim viciado é menos pior do que doente. Eu aceito ser viciada, doente não. Fica claro que ainda não cheguei no Primeiro Passo né? Hahahahaha.

 

Talvez seja uma bobagem e seja isso mesmo que os gordos eu sejam seja: viciada(os), doente(s). Mas o fato é que eu tenho muitas e enormes, gigantescas reservas quanto ao significado disso atualmente. Vai ver por isso eu esteja tão gorda. Negação?

 

Gorda, vá lá, viciada também, mas doente, hummmm, sei não… Cada época tem seus bodes expiatórios, cada época tem suas doenças, e uma das de hoje é ser gordo. E as doenças são bem mais do que doenças, elas têm sentido social visse? Sempre, sempre.

 

Mas eu sou Antropóloga né? Ainda mais do que em comida, sou viciada em olhar por detrás das tramas, dos valores, do senso comum, fazer o quê? Não digo que estou certa, nem sempre vejo consigo ver o que é certo, mas são as conclusões que tiro. De anos de traseiro na cadeira, de cara nos livros e olho no mundo. Bão, só estou divagando (e me exibindo tb) um pouco.

 

E não estou negando ser viciada. Sou menos ingênua do que aparento (?). E as palavras nunca são bobagens. E eu não estou falando de nenhuma lei da atração. Não estou falando nada do tipo pensar e atrair.

queijo

Eu não sei porque cargas d’água eu desenvolvi uma alergia das bravas a queijo parmesão. Na viagem eu passei mal por causa de uma pitada ínfima, menor que a de sal que coloquei num prato só pra sentir o cheiro mesmo. Porque eu amava queijo parmesão. Amava mesmo. Mas a pitadinha de nada quase me estragou um dia inteiro de curtição.

 Semana passada no almoço semanal na casa da minha mãe ela fez macarrão e colocou queijo. E o macarrão da minha mãe é misturado, ela não joga só por cima, mistura mesmo o macarrão, molho e etcs… Eu como tenho uma dificuldade grande pra aprender, fiz o prato e coloquei a primeira garfada na boca. Tiro e queda, passei mal pra caramba.

 Bom, hoje lá fomos nós de novo pra almoçar na mama. E ela de novo fez macarrão. Dessa vez sem um pingo de parmesão. Mas só de olhar o macarrão eu comecei a passar mal. E não almocei direito.

 Dai que lascou com a tarde. Eu ainda não extrapolei, mas ficou muito claro a falta que fez um café da manhã e um almoço decentes. Porque a falta de comida repercutiu à tarde e agora eu estou morrendo de fome, mas fome de carboidrato, de coisas que engordam. Ou seja, óbvio que é mais que fome né? Pra vocês verem como é delicado o equilíbrio de um viciado, ainda mais em comida. Porque largar o cigarro foi muito mais fácil do que largar o vício de comida, eu não estava exposta a dose nenhuma. E eu era fumante inveterada, ninguém acreditava que eu pudesse largar.

 Eu quero duas coisas com esse post: agora que estou anotando tudo e conseqüentemente sendo obrigada a prestar atenção no que como, de verdade (que é a primeira vez em muito, muito tempo, que faço isso por dias seguidos, a sério e sem pirraça) eu resolvi que vou sempre escrever quando acontecer, pra ficar registrado pra mim mesma os gatilhos que disparam as “erradas”. Devagar eu aprendo. Não que eu já não soubesse dessas coisas em mim, mas agora resolvi prestar atenção.

 A segunda é falar que eu fui em uma reunião dos Comedores Compulsivos Anônimos ano passado, mas achei muito pesada a ênfase que se deu à palavra doença naquela reunião. Doença, doentes, somos todos muito doentes, não temos cura, muito complicado. Uma questão de semântica, talvez, mas pra mim viciado é menos pior do que doente. Eu aceito ser viciada, doente não. Fica claro que ainda não cheguei no Primeiro Passo né? Hahahahaha.

 Talvez seja uma bobagem e seja isso mesmo que os gordos eu sejam seja: viciada(os), doente(s). Mas o fato é que eu tenho muitas e enormes, gigantescas reservas quanto ao significado disso atualmente. Vai ver por isso eu esteja tão gorda. Negação?

 Gorda, vá lá, viciada também, mas doente, hummmm, sei não… Cada época tem seus bodes expiatórios, cada época tem suas doenças, e uma das de hoje é ser gordo. E as doenças são bem mais do que doenças, elas têm sentido social visse? Sempre, sempre.

 Mas eu sou Antropóloga né? Ainda mais do que em comida, sou viciada em olhar por detrás das tramas, dos valores, do senso comum, fazer o quê? Não digo que estou certa, nem sempre vejo consigo ver o que é certo, mas são as conclusões que tiro. De anos de traseiro na cadeira, de cara nos livros e olho no mundo. Bão, só estou divagando (e me exibindo tb) um pouco.

 E não estou negando ser viciada. Sou menos ingênua do que aparento (?). E as palavras nunca são bobagens. E eu não estou falando de nenhuma lei da atração. Não estou falando nada do tipo pensar e atrair.

Fileteado Porteño

FILETEADO PORTEÑO (RUSTICA)

GENOVESE, ALFREDO

ISBN: 987-43-9728-4

Editorial: AUTOR

Tema: Arte > Técnicas

Formato:

Idioma: castellano

Páginas: 96

Con este libro me propongo utilizar el papel como soporte visual del fileteado, exponiendo en él la obra de mis maestros, la mía y la de algunos de mis discípulos de taller, mostrando además que es posible integrar la variedad de estilos y sus aplicaciones. Me gustaría que este arte llegue muy lejos y continúe. Alfredo Genovese

o poder curativo dos mudras

O Poder Curativo dos Mudras
RAJENDAR MENEN
Editora: Madras
ISBN: 9788537002483
Ano: 2007
Edição: 1
Número de páginas: 120
Acabamento: Brochura
Formato: Médio

Nossos dedos possuem um grande poder. Com eles, o ser humano pode curar aos outros e a si mesmo, utilizando-se do poder benéfico dos Mudras, que podem ser praticados a qualquer hora, em qualquer lugar e por qualquer pessoa. Não é preciso ser um atleta ou um profissional da área médica, basta dedicação. Os Mudras são movimentos de ioga que envolvem os braços e, principalmente, as mãos. São tão poderosos que podem transformar a vida de uma pessoa, além de fáceis de serem praticados. De acordo com o autor, eles liberam a energia presa no corpo do indivíduo, por meio de canais e centros energéticos: os nadis e os chacras. A prática dos Mudras ajuda a pessoa a criar paz e força interior, a eliminar o cansaço e a ansiedade, a superar situações de estresse, pressão, culpa e raiva, a proteger a saúde física e emocional, acalma a mente e fortalece a intuição, promovendo um estado de felicidade, amor e longevidade. Pela prática dos Mudras, é possível obter uma nova visão da sua saúde física, emocional ou espiritual. Agora, você mesmo pode promover a autocura, utilizando o poder que está em suas mãos.

coisinhas

Hoje e ontem foram dias exemplares. Muito tempo que eu não cuidava tão bem de mim. Apesar do plantão de 24 horas, foi tudo muito bem. Fiz tudo bem, apesar de poder melhorar.

Mas isso a gente sempre pode né?

Só não estudei que fico passeando entre assuntos e não me decido o que aprender desta vez. E como eu não tenho pretensão nenhuma com estudo, é mesmo só diversão, vou levando. Quero dizer, eu não estou estudando pra mudar de carreira nem nada, que já tenho uma boa carreira. O que porventura viesse dos estudos seria puro lucro. Então posso me dar ao luxo.

Tem o doutorado, mas esse ainda não mexi, não peguei, tem trabalho pra entregar, tem muito pra fazer, mas esse estudo também tem que ser divertido, senão eu não encaro.

Também juntei praticamente todos os posts dos meus blogs num blog só, há muito tempo que queria fazer e amenizar um pouco essa esquizofrenia (que eu curto, só pra constar) tornando meu arquivo mais fácil. Juntei até o blog de livros que não tem posts propriamente, é mais um registro meio incompleto dos livros que eu fico lendo e dos que eu fico folheando…

Vai que algum dia algum servidor destes resolve acabar e matar todos os posts né? Falta ainda o primeiro blog, do blogger.com.br ainda e o leveza.motime.com que não têm como importar automaticamente, tem que ficar fazendo post por post, meio chatinho. Mas devagar eu arquivo tudo num só. Algum dia eu vou querer saber o que estava rolando no passado né? E também vejo o que fazer com dois blogs no ar, porque com dois ao invés de postar mais eu acabo travando e não postando é nada.

Não sei porque fiz tudo tão de acordo nesses dias. Não teve click nem nada, aconteceu, só. Espero que continue assim, espero mesmo.

E eu li essa frase num blog que eu gosto muito, e ficou marcada na minha cabeça. Eu já tinha lido esse livro do Leloup, mas não me lembrava nem de longe dessa frase.

Mudar de olhar é mudar de mundo.

Jean-Yves Leloup, em sua autobigrafia O absurdo e a graça, Verus Editora, Campinas, 2003

coisinhas

 

Hoje e ontem foram dias exemplares. Muito tempo que eu não cuidava tão bem de mim. Apesar do plantão de 24 horas, foi tudo muito bem. Fiz tudo bem, apesar de poder melhorar.

 

Mas isso a gente sempre pode né?

 

Só não estudei que fico passeando entre assuntos e não me decido o que aprender desta vez. E como eu não tenho pretensão nenhuma com estudo, é mesmo só diversão, vou levando. Quero dizer, eu não estou estudando pra mudar de carreira nem nada, que já tenho uma boa carreira. O que porventura viesse dos estudos seria puro lucro. Então posso brincar.

 

Tem o doutorado, mas esse ainda não mexi, não peguei, tem trabalho pra entregar, tem muito pra fazer, mas esse estudo também tem que ser divertido, senão eu não encaro.

 

Também juntei praticamente todos os posts dos meus blogs num blog só, há muito tempo que queria fazer e amenizar um pouco essa esquizofrenia (que eu curto, só pra constar) tornando meu arquivo mais fácil. Juntei até o blog de livros que não tem posts propriamente, é mais um registro meio incompleto dos livros que eu fico lendo e dos que eu fico folheando…

 

Vai que algum dia algum servidor destes resolve acabar e matar todos os posts né? Falta ainda o primeiro blog, do blogger.com.br ainda e o leveza.motime.com que não têm como importar automaticamente, tem que ficar fazendo post por post, meio chatinho. Mas devagar eu arquivo tudo num só. Algum dia eu vou querer saber o que estava rolando no passado né? E também vejo o que fazer com dois blogs no ar, porque com dois ao invés de postar mais eu acabo travando e não postando é nada.

 

Não sei porque fiz tudo tão de acordo nesses dias. Não teve click nem nada, aconteceu, só. Espero que continue assim, espero mesmo.

 

E eu li essa frase num blog que eu gosto muito, e ficou marcada na minha cabeça. Eu já tinha lido esse livro do Leloup, mas não me lembrava nem de longe dessa frase.

 

Mudar de olhar é mudar de mundo.

 

Jean-Yves Leloup, em sua autobigrafia O absurdo e a graça, Verus Editora, Campinas, 2003

La Vida Ya Es Un Castigo

TÍTULO:La Vida Ya Es Un Castigo ¡Y Encima Hacemos Dieta!
ISBN: 8466612785
Número de páginas: 204
Autor: Gray, Serena;
Editorial: Vergara

¿QUÉ PROBLEMA TENEMOS LAS MUJERES CON EL CUERPO? ¿Las caderas? ¿Los muslos? ¿El tamaño de nuestro trasero? Y tú, ¿alguna vez has estado a régimen? ¿Sólo una? ¿Cuánto hace que estás a dieta? ¿Una semana? ¿Un mes? ¿Más de cinco años? Si no estás a régimen en este momento, ¿cuándo vas a empezarlo? ¿El lunes? ¿Cuando termines ese pastelito de crema? Seamos realistas. La mayoría de las mujeres vivimos gran parte del tiempo preocupadas por el peso. Rara es la mujer que jamás se ha puesto a régimen o que no está a punto de comenzar una dieta, y más rara aún es la que puede afirmar con una sonrisa que su cuerpo le parece perfecto tal como está. Si te cuentas entre los millones de mujeres que suspiran por estar más delgadas y sueñan con lograr que la pizza no se les instale directamente en las nalgas, o con que alguien invente un pastel de chocolate de cero calorías que además sepa a chocolate, entonces éste es el libro que estabas esperando. Con su humor fresco e irónico, y su estilo ingenioso e inteligente, Serena Gray describe los secretos, artimañas, esperanzas, situaciones jocosas, éxitos efímeros y fracasos recurrentes que jalonan nuestra conflictiva relación con nuestro cuerpo. Porque, convengamos… LA VIDA YA ES UN CASTIGO… ¡Y ENCIMA HACEMOS DIETA!

eu tenho jeito?

O que eu vi hoje na balança me deixou muito, muito triste. Desolada e com vontade de morrer. É isso mesmo, morrer. Não acho isso bonito, pode acreditar e sei que tem muita coisa pior e todo blá blá blá que você conseguir imaginar. Eu sei dele todo tá? Que poder têm alguns números idiotas numa balança. Eu nunca estive assim, nunca. Estou me detestando. Ainda mais porque na Argentina eu praticamente não comi nada, não tive nenhum ataque de compulsão nem nada. Revoltante. Eu estou triste e nem venha me dizer que não é assim, ok? É sim, é pior, numa sociedade que odeia os gordos, é horrível.

 

Só que eu já não tenho mais escolha, tenho que poder, tenho que virar essa situação e já.

porquês

Eu cansei de tanto procurar porquê. Por que eu engordei tanto em tão pouco tempo? Deve haver algum motivo, deve, é claro. Mas tem uns dois anos que eu estou procurando os motivos e só faço engordar de forma vertiginosa. Cansei de procurar esses motivos, não dá mais. Que prisão, que inferno é ser gorda, muito sofrimento. Preciso agir mais e sofrer menos.

 

 

Eu tenho essa sede infinita de saber, de ir atrás dos porquês nessa vida. Deve ser o sol em gêmeos. Mas nesse caso acho que não dá mais, acho que essa busca está me atrapalhando. Machucando mesmo e consumindo energias que deviam estar sendo investidas em outra área. E não estou falando de querer saber, aprender, que essa sou eu e vou ser sempre assim, lo siento para os incomodados (e eles existem, não se engane!). Estou falando que não me interessa mais saber porque eu engordei, porque fiz isso comigo mesma, chega disso por ora. Deixa eu ir ali anotar o que comi tá?

todo pasa

Nem todo mundo lê os dois blogs. Então eu vou duplicar os posts enquanto não resolvo o que fazer, porque levar dois blogs eu já vi que não é pra mim, não consigo.

Nada tinha me preparado para Buenos Aires, nada poderia me preparar. E acho que ninguém entende muito esse amor, esse espanto. Aliás, algumas pessoas entendem. Tem que me conhecer muito, muito pra sacar.

É um pouco mais do que entusiasmo de iniciante. Não foi a beleza, que a cidade é muito bonita, mas não pra tanto, não foram as pessoas, não foram os lugares, nem a cultura. Acho que me identifiquei com a alma de Buenos Aires, pois essa cidade tem alma sim senhor. Buenos Aires é uma velha senhora culta, enjoada e orgulhosa. Pelo menos. E junta com minha tendência* à ser tão entusiasmada… Já tive vergonha de ser tão entusiasmada, hoje não posso mais.

O que é o fileteado porteño, meu deus, que coisa mais linda!

As fotos, algumas pelo menos, da viagem, da universidade.

Com a chegada do ano novo, esse blog vai passar por mudanças. Até segunda feira mais tardar. Aquelas necessárias pra eu emagrecer. Porque eu não suporto mais ser assim. Eu poderia ter curtido muito mais a viagem, as aulas, o doutorado se não estivesse tão gorda. Eu poderia estar curtindo melhor a vida né? E não aguento mais. Pensei muito se devia escrever isso aqui, porque esse blog mais parece um relato de sucessivos fracassos. Mas afinal o objetivo dele, por mais mal educado que seja dizer isso não é entreter leitores, não é ser legal ou divertido, é ser mais uma ferramenta pra me ajudar. Então relevem os maus modos e desejem me sorte!

*Tendência à, a ou tendência de? Nossa meu português tá de doer. Fora que esses dias estava com dificuldade de somar e dividir. Imagina o que me aguarda, aff…

todo pasa

Nada tinha me preparado para Buenos Aires, nada poderia me preparar. E acho que ninguém entende muito esse amor, esse espanto. Aliás, algumas pessoas entendem. Tem que me conhecer muito, muito pra sacar.

 

É um pouco mais do que entusiasmo de iniciante. Não foi a beleza, que a cidade é muito bonita, mas não pra tanto, não foram as pessoas, não foram os lugares, nem a cultura. Acho que me identifiquei com a alma de Buenos Aires, pois essa cidade tem alma sim senhor. Buenos Aires é uma velha senhora culta, enjoada e orgulhosa. Pelo menos. E junta com minha tendência* à ser tão entusiasmada… Já tive vergonha de ser tão entusiasmada, hoje não posso mais.

 

O que é o fileteado porteño, meu deus, que coisa mais linda!

 

As fotos, algumas pelo menos, da viagem, da universidade.

 

Com a chegada do ano novo, esse blog vai passar por mudanças. Até segunda feira mais tardar. Aquelas necessárias pra eu emagrecer. Porque eu não suporto mais ser assim. Eu poderia ter curtido muito mais a viagem, as aulas, o doutorado se não estivesse tão gorda. Eu poderia estar curtindo melhor a vida né? E não aguento mais. Pensei muito se devia escrever isso aqui, porque esse blog mais parece um relato de sucessivos fracassos. Mas afinal o objetivo dele, por mais mal educado que seja dizer isso não é entreter leitores, não é ser legal ou divertido, é ser mais uma ferramenta pra me ajudar. Então relevem os maus modos e desejem me sorte!

 

*Tendência à, a ou tendência de? Nossa meu português tá de doer. Fora que esses dias estava com dificuldade de somar e dividir. Imagina o que me aguarda, aff…

una delgada línea

UNA DELGADA LINEA… ENTRE EL EXCESO Y LA MEDIDA

ISBN: 950-556-465-1
Editorial: Galerna
Clasificación: Autoayuda
Páginas: 222
Publicación: Noviembre 2004 | Idioma: Español
Formato: Rústica
Peso: 331,0 grs
Medidas: 220,0 mm x 150,0 mm x 16,0 mm

¿Por qué el mundo está gordo? ¿Por que sobrevivir flaco es cada vez más una proeza que algo natural? ¿Por qué casi todos los métodos fracasan sistemáticamente y se sigue apelando a las nocivas pastillas o a la traumática y dudosa cirugía para la obesidad?

El problema del sobrepeso ya no es sólo personal, sino público: estar gordo deprime, enferma y mata. A medida que aumenta la población excedida de peso, los gastos en salud pública se incrementan para acompañar a este fenómeno mundial, considerado una pandemia. Esta nueva forma de adicción -síntoma de una sociedad ansiosa, compulsiva y consumista- causa estragos en la salud de la gente.

Máximo Ravenna resume en este libro su vasta experiencia en la materia. El diagnóstico y la evaluación de las causas biológicas, psicológicas y sociales del sobrepeso abren el camino para que el autor exponga su novedoso método de CORTE, MEDIDA y DISTANCIA, una eficaz acción terapéutica que se centra en el vínculo problemático con la comida, y que puede ser extrapolada a cualquier otro exceso.

En un contexto social ambivalente, que ensalza la delgadez pero lleva al sobrepeso, Máximo Ravenna propone un camino
efectivo y esperanzador, una solución para recuperar el cuerpo y ponerlo de pie.

***Livro todo lido. Terminado em 09/02/08

how are selective herbicides absorbed into a broadleaf weedlectins in green beanssccy pistol reviewjs bach cantata bwv 140sig sauer p229 elite priceelectro pneumatic paintball markerancaster hydrorayleigh boxing clubcome my way protojearthur wilson gwuraja ki aayegi baaraatinuvik weather historybenelli m2 14 inch barreljugo noni contraindicacionestuatsgenoise sheet cakephenethyl alcohol safetysasaco inc storepeta sheep shearing adgunpla londonkaren armstrong muhammad a prophet for our timeabruptio placentae medical managementhkey_classes_root remoteraccoon scent glandsworking rorschach maskeduardo diaz silvetiocado board of directorseliean61016 zip codescott stossel biographymimpi dreams gameplayvw 2276 reliabilityfurin cleavage site predictionpics of timothy mcveighcamden on gauley wv zip codenanotechnology antonymimam khaleel mohammedabou riad season 2 episode 26map of ancient pergamummossberg 22 plinkster high capacity magazinedaytrana manufacturerhow much protein is in a ostrich eggalexandria town talk classifieds petsmossberg 22 plinkster high capacity magazinepaisabazaar home loanpac 1 restriction enzymedr woolley hand surgeonsukhoi su 30mkkaner tree imagesrewalk robotics ipobrookpark fireworksm58 gunsonia lacenconvert moneyline to oddsdarkspore free download full version pcdioscorea japonica seedslynching niggersemma marrone l amore non mi bastapyramids of energy numbers and biomasssabel gonzales agepetit saint vincent island resortsaps pd scoresigma aldrich fortune 500bilateral sinonasal disease女子大 生 刺傷 事件was king tut murdered by aylectins in green beansgriffon bruxellois puppies uktsumkwe maplecrae waste my life lyricsus cellular 4g lte routeranthony t hinckschief wahoo is not racistgeorge hart csulbteracon montrealsig p226 scorpion for salestunned meat halal or harampaisabazaar home loanольга шувалова жена игоря шуваловаkosi flood 2008lee picariellokratos kills poseidonsemiology of graphics pdfpathfinder courtesanazael carreradomestic peace corps americorpsias 19 curtailmentgeorgsmarienhütte holding gmbhruger vaquero 357 bluedbarbra streisand barry gibb what kind of foolnez perce courthousethe threepenny opera the ballad of mack the knifeewing's sarcoma research foundationallergic reaction to leech biteworking in a coal mine lee dorsey lyricsportal vorwerk ukcoker quarterback alabamam1 messier objectwegmans ocean twpcuriozitati matematicemount diablo community collegesusan misner bikinivineyard vines campus ambassadorsb dissanayake homede lage landen financial services inc paschoharie central school district ny243 wssm ammo for saledax cobra chassisktm x bow crossbowheart pfo echocardiogramarma 2 operation arrowhead demoseedless concord grape vinesp&g classic gymnasticsgreat escape theater in fenton missourifnh usa five seven 5.7 x28mmcamilla's cakeslubbock lineup july 2017does smoking weed everyday affect youopo squash in chinesethunbergia varietieshow many megalodons were there in the worldweapon mounted laser designatorbombardier q400 nextgen aircraftst michaels macclesfielddream theater wiltern ticketshydroxyproline estimationwww pmaa orgmde presents world peacesig p210 targetmount diablo community collegesteyr mannlicher ukdefine cargo cult pilgrimagesnorting kratom extractecstasy molecular formulacmc journal impact factorpall mall cigarettes menthol buttonglendale az city clerkmarlo from rhoasirius black get away from my godsonedburtonodeon cinema southendsnorting kratom extractbrocken inagloryremington 870 wingmaster wood stockw3schools html paddingpengertian targetingpatrone meaningwozzeck act 3sofia the first the mystic isles episodecoccinellid beetleturning kief into hashfallece carlos villagranunder the harrow idiomflurazepam 30 mg highzappacosta agecourier mail obituary noticespalo rosa bags mexico2004 kia amanti starting problemsofficial ffa scrapbookpentatonix 11th performanceworking in a coal mine lee dorsey lyricspoltern spielepics of bugsy from bedtime storiesbixbite berylittl meaningmn twins radio streamkris tonto parontoaics stock remington 700 long actionclub 555 tanger moroccounambastudent media ncsubormioli glass jarshardball keanu reeves full movieplanting bald cypress seedsremington model 770 270 reviewsmicrosoft image mastering api v2 xptae tris acetate edtaikea catalogus 2017 onlinemotorky 50ccmkatin 1954ocotillo seeds for salehk mp5 semi auto 9mm for salerifts south america pdfqualcomm stadium fireworkscurrent weather in mashhad iranstoeger luger 22 partscanons of dort pdfdell u2412m monitor specificationsdefine trochaic pentametermuhammad ali and howard cosell relationshipлора спенсерfamilia roggioft berthold indian reservationruger mini thirty rifle review101xp rubishop airport flint michigan airlinescod swift bcrдекриминализация наркотиковwww rcsd k12 in usinsudjohn filson toronto starmelinoe daughter of hadesamphetamine dextroamphetamine extended releaseplanes el chupacabra toymilsurp mausercode breaking machine at bletchley parkempanada factory los angelesclean machine wellsboro pacorrosion of conformity mine are the eyes of godhow tqm can help in achieving targets of environmental managementnura rise of the yokai clan rikuo and kanaiui timing frozen spermrotary viscous dampernailbomb tour datescontinuous carbonless formsblack djarum clove cigarettesgandhiji first satyagraha in indiamasseto wine 2012gamma hydroxybutyrate powderpygmy marmoset pet lawsgunnison sage grousekehormatan dibalik kerudungotl headphone amplifierstockholm kulturnatt 2017kronenbourg original ukcentre de désintoxication drogue parisjacob bunton emmythe ramones rockaway beach livepenny dreadful theme ringtonefolded dipole yagi antenna calculatorserbuk penaikdtw to scotlanddell optiplex 170l hard drive10 gauge flare gunkaki king david lettermanmarlo from rhoarabies immunoglobulin indiastonestream shower reviewsfarne lighthousejapan earthquake 1923 richter scalewhat is a navel gazerinvitation to hell wes cravenrigla onlinegandhiji first satyagraha in indiabromoil paperboss bison ranchmad dash delivery lewistonberetta cx4 carbine 40swgundam seed kira and flaynailbomb tour datesaviação civil guia do estudantelatex presentation template beamer downloadrogers ftthpacey con funny or diegrace presbyterian church christchurchpersonnel action form shrmolig definitionmason lykessig p226 scorpion for salesig p226 legion holsterusb cec adapter xbmcbomarc missile basejoe mangione san antoniovibration exciter wikipediabest school districts in chicagolandwaffen ss choirhow much protein is in a ostrich eggallergic reaction to leech biteomaha steaks free shipping coupon code 2015brussel sprouts dictionarytarot reading london covent gardenthermowell rtd sensorbombur memekratos kills poseidonharborside golf course illinoiscrt tv repair coursejustin bieber diplo bankroll33 hysan avenue causeway bay hong konghealey beacon jeepthe seduction of joe tynan trailerdell latitude e4300 drivers windows 8kata kata dalam film radit dan janinon nicotine hookah flavorscadbury dairy milk bubbly priceconvert audio 44.1 khz to 48khzmakalah reaktor nuklirwww seaturtleinc orgkamal kanta batrais a neurofibroma encapsulatedk2 psychosiszigaretten zusatzstoffeisschemenetley police collegepriapus garden statueejection murmur definitionpiezoelectric igniter how it worksfidelity investments westheimerschizophrenia blackoutsedelman vascular conferencemuhammad ali and howard cosell relationshipwww bountiful blessings ministries comgreg barskyticn coating for cutting aluminumhow to make a bond tradeablejanam sakhi bhai bala ji in hindindp 2017 fireworksdating standard crossword cluepma batch namescubango riverque es hemolisisوخلقناكم ازواجاbig pun noresuzuki samurai motor mountsanathema deep tabgastroenterologo especialista en colonperiampullary growthmartika i feel the earth move official videowas bedeutet sure im koranshotgun bandoleersensor induktiflord of the rings gates of argonathdeniz hasgülerivanpah roadg5rv installation pictureshow to make a 3d helium atom modelhow to make a bond tradeabletaurus pt92 accessoriespenedes spain wineriesreturn to nuke em high volume 1 onlineprophet gregory vossconhecendo o braço do violãowhat is marilyn manson's religionlongmire visitor centerkatharsis shirtparable of the farmer sowing seedswww stelmosjeff ingram amnesiawhere is don rickles buriedkobelco corona caþorrablót 2018t5 gearbox strengthdell 7537 i7 specificationecig nicotine poisoning5 bromouracil mutationufc 121 undertakerconcordia legal clinicxkcd password dictionary attacktds telecom modempipeline leak yellowstone riverson of a bitch 意味mountain dew price 2 literheavenly days yui aragakiwhat was harriet tubman's full namecorey wootton childrenlile quarrysuny oneonta planetariummda censorshipseptember sarno morgan stanleypato en nahuatlpll megaminxbest scope for a remington 700 7mm magboxing lowell auditoriumrandalls on expositiondr n ganesh bhopalmossberg 464 lever actionhosa national leadership conference 2017رقص رانی موکرجیportsmouth train station to gunwharf quaystesco express bicesterimbecile test answers spot the differencevibration exciter wikipediaadrenalize me lyricscooperativa cafe timorare vapes safer than cigarettesheavenly gates cemeteryledisi concert in greensboro ncsugo di pomodoro all arrabbiatadork diaries deutsch der filmgalt renovationsaau basketball teams albany nymakalah reaktor nuklirdaewon song skate morepatterson starter alternatoramera eidhotel mont royal chantilly franceeverett woodson biographyalberta canada vital recordsleyland cypress usesindian rubber ball lacrossemaritime manning agency in ceburadome missileeda scrabblewilmington ma 01887 usakorean drama with chaebol backgroundmsc in hotel management nchmctmcville indianaold clough lane worsleydmx 512 controller tutorialhow to kill hantavirusbilateral sinonasal diseaserajiv kumar ias 1981ferroestenebss qualificationis a 96.6 temperature badpaolo nutini let me down easy mp3bergesen norwayzefiro italyyamaha fgx 730 reviewwilliam singe i alex aiono march 16howa 223 heavy barrelkratos kills poseidonnon nicotine hookah flavorsvickers viscount interiorvickers viscount interiorocotillo seeds for salepercentage of blood volume occupied by erythrocytestime blindness barkleylab diagnosis of hiv slidesharehss cardiologyintel core i7 3960x socketdolby encoder pluginking canute wavescolt 100th anniversary 1911 for saleargelati milanorowing pictogrampurna purushottam narayancimorelli heightkorean drama with chaebol backgroundclamav milter sendmailkosi flood 2008food poisoning incubation chartias 19 curtailmentreaganite republicanis vaping legal for minorsaguilas del america new jerseyitnaiyograj singh ageoasi contributionreturn to nuke em high volume 1 onlineаркадий северный караванdo waqt ki roti shayariwilkes barre scranton penguins scoreadlertagprepar3d controlsacer pew71 reviewrcss torontoreactive armor tilesarsenal season ticket waiting list updatechatter creek ciderdiego boneta in mean girls 2dev craft completeamplified creatine side effectsgreg macalusokel tec plr 16 riflesleeping draught potion recipedylann roof birthdaytabla de numeros aleatoriosdebitkarte schweiz1 4 bromophenyl ethan 1 onetarffrase de caini maricaroline kennedy schlossberg engagement ringfarne lighthousemossberg 500 breakdowntowkio ft chance the rapperrussian mosin nagant 91 30 pu sniper scopeاحمد وفيق وزوجتهdownload song hookah bar from khiladi 786mc lyte it's all yoursgeorge hart csulbfancy goldfish fin rotdouble bit throwing axecolt delta elite 10mm magazinesarmide lullymierda sinonimotwiig comliver decompensation life expectancyhaviland limoges china white with gold trim101 in 1 explosive megamixvukovar broj stanovnikaricky's liquormtvindia com splitsvilla 9everwise pricingclairvoyant durhamfirst ever triple backflip bmxhow to punctuate newspaper titlesdr ross morrison independence mosnake river white sturgeon caviarstill fly big tymers instrumentalpersian beef koobideh recipetelogen effluvium pictures femalekirschwasser cherryduluth haunted ship 2016griddlers net androidfarhiya abdihonda civic taglinepapa criolla substitutepenjamillo michoacan 2016donna was a few blocks away when bombs explodedbehcet's ulcers2 cheap cars christchurchpce valuationsdani hainsflorida panthers trocheckkingsfold methodist churchtroy aikman draft 1989zigbee api tutorialted talks daniel kishdempsey's baltimoreopus vivace reviewak 47 milled receiver folding stockprior service marine recruiter near mekirsch lorraine recipeprussian prepositionpenny dreadful theme ringtonefettehel angel gris dolinabeartooth go be the voice lyricsepia brasiliacanons of dort pdfuniikki pituuscorey wootton childrenabruptio placentae medical managementgmp qsr environmentjan magnussen nascargolden barrel cactus carebahia honda key largosmith and wesson 327 trr8 357 magnumis sassafras poisonousdriftwood moody blues youtubelånekassen stipendsusan misner bikinicarlos takam boxerszałwia palenievimana textscolorimeter pdf downloadgun licence nsw categoriesaicha khaled lyrics translationseventh day adventist bible commentary volume 5dogfish head documentarybromoil papergoby fish and pistol shrimpблудливая калифорния 7 сезонsa330jfederal halfway house okclateral incisor loosesedona lutice age sub zero heroes trailerboil and bite mouthguard materialsuryavanshi history in hindihrc hardness to brinellremington 870 wingmaster slug barrelttd diary 2018farne lighthouseclayton county bidsicon hotel prague booking comlake jellico nswlatisse styeed sheeran houston presalenikolay martynovumass amherst marketing major requirementskingsfold methodist churchsteve hollinghurstdr mark vosslergsxr1100mdragon's breath vodkaconvert btu to kj kgdefine isotonic solution in biologyrwanda juvenal habyarimanadr fogtjeckel brothers albummaino million bucks official videoquetzalcoatl significanceanson mount cullen bohannonfixing magsafe power adapterfancy goldfish fin rotsig sauer m400 ar 15 rifleredundant conjunctival tissuepadrasto gayjosephine pryde traindevils head merrimacjre 1.7 free download for windows 10 64 bitambareesh agedevy meaningmicrowave absorber wikidr sundaram cardiologistleather balisong sheathtolnaftate clotrimazolewhat is piccolinipunisher otf knifejt stealth paintballpaisley piperscigna advantage formularydiablo 3 best equipment for demon huntersarego italyvigilante airsoft revolverwhirlwind propeller problemsda vinci madonna and child with a pomegranatefrankie edgar ufc 211glock 23c gen 4vhf aerial splitterdoctor who van gogh painting tardis explodingsketch club london mayfaircan you play terraria cross platformjoann hagen boxer2 cheap cars christchurchdo women's menstrual cycles sync upflitwick to luton trainmarilyn monroe cal neva lodgeafrikaans liedjies vir ma2013 ap chemistry frqcapacidad espectadores camp noudoes termidor workhertz uae leasecuando crian los canariosdrexel university rush buildingsaldie ēdienicurrent weather in mashhad iranmarie curie lebenslauf5 htp and phenibutecigs safe 2015nba players with torn meniscuschemo drug rituxancaravaggio beheading of st johnryerson public school hamiltonstrzelecki desertlatisse styem99 sniperjoule calculator airsoftmeerkat enclosure design4most firearmsdixie land oil co llcair conditioning in cars benzenelilyhammer reviews ny timesphenibut bodybuildingmarlon brando resort tahitisummoners war element guidetesco express bicesterretail space for lease tysons cornerminqinporphyria biochemistrynatchez trace nashville to tupelodried cyanescens mushroomsconvict chalicetembleque de coco puerto ricousb cec adapter xbmcsat gps locate downloadtupac shakur strictly 4 my niggazuscis applicant vs petitionereverbank insurance departmentcaramel sundae burger kingwalther ppq front sight30 30 winchester ballistics chartbandoleer ammunition pouch1961 chain bridge road mclean va 22102arizona medical marijuana proposition 203firefish hammerhead for salegus garcia middle school san antonio texasadvanced armament 300 blackout rifleweapon mounted laser designatortvs jupiter zx review93.7 beat houstonkara goff softballgunheadsgreta magnusson grossman lampmde presents world peacedruids caves derbyshiregod's communicable attributesattijariwafa bank englishsaguaro blossom scottsdalenovae artesegon krenz 1989robert dickinson lighting designernunchaku chain kitgunzonegunpowder scale walmartacid scarification of seedsgun shop richland wanamaskar yoga colombiabise multan intermediate result 2016argentine tango sheet musicjeff botterillkashmir house rajaji marg delhitony dungy charitygunpla londonsalonpas singaporegandhara school of art pdfelvis costello down among the wine and spiritspygmy marmoset pet lawsnaruto shippuden capitulo 450autoaceptacion en psicologia1950 general motors futurliner parade of progress tour buskernel poppers st augustine websitedifferentiator op amp gain equationdistal interphalangeal joint pain toegunga din poemhighest utqg rated tireдекриминализация наркотиковchelsea kane lovestruckloretta lynn mentorlupinus albus seed oilmcfarlane beatles yellow submarinejonestown guyana south americaavidemux gratisphylum arthropoda respiratory systemdoes smoking weed everyday affect youbighorn backcountry maploratadina ambroxolgluconolactone phmacy's chapel hill mall colorado springslotte hollandsjeckel brothers albumdiseases that mimic appendicitisritchie pickett funeralnomenclatura dos hidrocarbonetosjre 1.7 free download for windows 10 64 bitbellway homes liberty nottinghamis it illegal to vape indoorshenri matisse apollon 1953courtney love uncooldonatella versace giovanebanda xerovapen clear pentun dr mahathir contribution to malaysiakurt cobain oh well whatever nevermindlirr fare tableaaker brand identity model exampledr hejnamarin outdoor antique marketnahm jim dressingkometic snowmobilemuku narutoadvance auto parts university blvd jacksonville flprincep ghat timingrua mediterraneo 451crystal symphony current itinerarymoluscum bumpsextremosagauhar khan and kushal tandon newsdefine penknifemichigan dhs office locatorpacey con funny or diejeckel brothers albumadenoid glands swollenlorex live video baby monitorscleral contact lenses brandsatta chakki in englisheneatipo 6jorge gelpi pagantony dungy charitypregnyl injection during pregnancysandal drama episode 11all bark and no bite idiom meaningpalais prinz carl heidelbergmaputi meaningwww pmaa orgshinnok stage fatalitylifehacker ipad jailbreakoutdoor movies woodinville wadisneyland squishiesjpql hibernateiso 14644 2 cleanroom standardssandhar groupcolorimeter pdf downloadvca igg levelrip rook exhaustnystatefair ticketsstoeger luger 22 partsmola chillindavinci resolve stillsstratoliner tire sizexubuntu 16.04 reviewplutarch heavensbee catching firedubinsky vs crosbyfurin cleavage site predictionsomatropin drug classdavid p fitzgerald gainesville flwinchester 1300 defender magazine extensionwww rcsd k12 in uskiwisaver holidayamerican ninja the confrontationaflcmc eglinhostigamiento en inglesrrc cr mumbaierdem moralioglu clothesditch the label habbosalvia leucantha whitekenwood home appliances pakistanreyhan baharatsabzarmitch rossell cdyaki mandu near mepokemon you re a star larvitarsounder with strobe lightdhaka to australia flight durationdisgusting semlakernel poppers st augustine websitehired girl schlitzthe rocketeer vhsstand up waverunner for saleberetta 92fs slide lockweather hanoi hoàn kiếm hanoi vietnamim lost without you bebe and cece winans lyricsdr christopher digiovanni mass generalseema chackodaggerfall screenshotseva haulepuyallup river watershedis a neurofibroma encapsulatedseawolves swimmingfederal halfway house okcclinch county school calendarppti coma trip to holland by emily perl kingsleyaflcmc eglinc2 taser gunapostol együttesengelberg tourist attractionskana nishino sukicondor viking ironside swordhp compaq mini cq10 specificationspokemon x luigi tcg boxdodge 318 4 barrel intakeyacht gyro stabilizeranna kendrick snl french skitkeurig k cups knock offbeaujolais nouveau 2015 wine priceportalitofichier pdb238 orchard boulevard orchard residencescách làm mứt gừng sợijan magnussen nascardv lottery 2017 winners listbaltazar enrique porras cardozostiegl salzburger beera lens is transparent material with _____hired girl schlitzzefiro italyidexx veterinary softwareare the gnostic gospels truelewis lake campground yellowstone national park wyused sig p938 extreme for salemagic quadrant for business intelligence and analytics platforms 2017 pdflateral incisor looseilluminati intro secret worlddugout 2 staten islandticn coating for cutting aluminumdutdutan tattooperlman chamber music workshopregina spektor macy's paradepennsylvania lottery commercial 2012replacement bolt for remington 788shisha efectospatterson starter alternatormagic quadrant for business intelligence and analytics platforms 2017 pdfdev craft completerobby trammellhow to unblock adblock on google chromearmide lullydiamond mine cart minecraft videossugo di pomodoro all arrabbiatawater soluble fertilizers for fertigationkansas gun shows wichita101 in 1 explosive megamixfreegeoip alternativejan radziktitus el viajerolubbock lineup july 2017c# sql parameterized querypittsburgh half marathon 2016 resultscaramel sundae burger kingchurch street godalmingdulux weatherguard paint reviewsmorari bapu katha audio女子大 生 刺傷 事件are airsoft guns safe for 10 year oldshenri matisse apollon 1953where to watch mbmbamspongebob the hash slinging slasher episodegmc topkick weightrafter slope calculatorbuck knives outlet storevijay chauhan parleв сто сорок солнцсерия симпсонов с трампомaib cards gpugigabyte geforce gtx 750ti 4gb windforce 2x oc edition reviewhouse foods java currysmith and wesson m&p 15 ftnico mak computing winzipcommon pleco water temperaturekaki bukit inspection centre operating hoursfarhiya abdilacul herastraufunction of basal ganglia pptcollie buddz mary jane lyricsopus vivace reviewplc sequencer logicinstalling t8 led tubescia abstract expressionismwacom scribek2 calcium paradoxp&g classic gymnasticsalief taylor high school football scoreslil bibby lil herb kill shitpaul zerdin partner39507 zip codepneumonectomy for adenocarcinomalawrence kohlberg moral development pdffestival almaxcartoon network firebreather movie part 1download mysql connector odbc 5.1sainsburys chairmancigna advantage formularykhronos group openclused firearms lethbridgegastroenterologo especialista en colonerdem moralioglu clothesmojza of hazrat muhammad pbuhroyal entrance fanfare trumpetджазовые этюды для фортепианоatomic blonde movie spoilerjk wrangler j8sangeet natak akademi award 2015snorting kratom extractdownload skype offline installer msiruger 22 45 mkiii targetdhesi rajatom schilling mein kampfdavid göttlermarlo from rhoaapple blossom 12 winchester varosco 22 pistolgunn britt ashfieldpotassium nitrate in toothpaste side effectsliterary devices in ode to a nightingaleadwords mcc login pagewas bedeutet sure im koranbunnings hendersoncolt delta elite 10mm magazines96x phone numberghile mearsole impact alicia sacramonedoctors and medical experiments of the holocaustlittlewoods spot the ball competitionhill top grand falls nb538 radio zendercheil malaysialynching niggersdr pessaheastside high school paterson nj joe clarkschool delays wilkes barre padr mark vosslerdzhokhar tsarnaev death rowmierda sinonimohydrochloric acid fumes inhalationsig sauer p250 22 pricejm smucker co orrville ohusg watroby co wykrywanike store at sawgrass mills mallsuntv kutti chutties latestgold digger lyrics bohemiadriftwood cursive lyricsfox sports 1 cox okcesse menthol super slimjoplin police department warrantsraja ki aayegi baraat movieold sugarlands trail smoky mountainstui grass seedthe brady bunch kellys kidsmontgomery ward 12 gauge double barrel shotguni can t hardly stand it the crampssig sauer tribalsobranie mintsdebitkarte schweizmatchless nighthawk 15current weather in mashhad irantbilisi prostitution pricemaneka gandhi petainglorious bastards latinosurvive food bank riverside capuyallup river watershedcoconut creek high school magnet programvod ex dividend date 2017eric mcmanus gainesville flremington sps 308 reviewextended magazines for benelli shotgunsmossberg 500 ati accessoriesyankee stadium birthday messageskosher meal malaysia airlinesrowing pictogramicis 2015 proceedingsdisposable hookah pen with nicotinecloudy scleracentre de désintoxication drogue parisseedless bongsbroomhandle mauser holsterjailbreak ios 7.0 4 redsn0wgeorgsmarienhütte holding gmbhdavis monthan aircraft storagehouma la elevationmoskva znamenitostipink grips for sig sauer p238ciorba de vacuta cu smantananeil gorsuch views on marijuanamr warmth the don rickles project streamingalan lee grandmaster throwing star 1980are oxygen tanks explosiveerie canal cycling mapdr archna parmarpurple fringed loosestrifetyson jost fatherandy siri for android apkwilliam singe i alex aiono march 16la mejor fm 98.9 el salvador onlineditch the label habbodelaware county spca no killgmc topkick weightwebroot antivirus for mac reviewsstandard catalog of smith and wesson 4th editionseymour isd administrationbrowning hi power pachmayr gripsnhl defenseman scoring leaders all timegrowing braeburn applesmaharashtrian kala masala recipebalco dopingrowdy roddy piper promohertz uae leasetommy sotomayor black lives matterfmca com storeeugene armstrong beheadingsebastian wolff test driveakarshan kumarumarex ppk magazinepaul mccartney ac cent tchu ate the positivekokology test about workspanish olive tree arbequinaconhecendo o braço do violãovca igg levelcoem microsoftbessie rossignoltobymac boomin music videoharold and maude playlistdmjm aviation partnersseema chackoröllekaharold and maude playlistconvert btu to kj kgportalitokamelot somewhere in timenombres indigenas venezolanosrandy crawford this old heart of minesparling definitiongraves disease shinsking canute waveskratos kills poseidonmgk the gunnerconvert 10z to gramsinfomart buildingopenwrt forkdr woolley hand surgeonconjunctivitis bloody tearsarvind rajaramanplayhouse disney go baby baby's big helperdillon companies inc king sooperssig sauer p229 elite pricelee kuan yew machiavelliair serv corporation louisville kysons of perdition trailersig sauer 2022 40 review