a criança nova que habita

A Criança Nova que habita onde vivo
Dá-me uma mão a mim
E a outra a tudo o que existe
E assim vamos os três pelo caminho que houver,
Saltando e cantando e rindo
E gozando o nosso segredo comum
Que é o de saber por toda a parte
Que não há mistério no mundo
E que tudo vale a pena.

A Criança Eterna acompanha-me sempre.
A direção de meu olhar é o seu dedo apontando.
O meu ouvido atento alegremente a todos os sons
São as cócegas que ele me faz, brincando, nas orelhas.

Fernando Pessoa

=====

Eu estou grávida de 8 semanas. E não estou enjoando, nem sei o que é isso, ainda. Mas, o fato é que eu venho ouvindo muito que emagreci, que estou bem e tal. Hoje fui à dois eventos com dois grupos de amigos diferentes e ouvi 4 vezes que eu “afinei”, que estou super bem, que estou bonita…

Engraçado que eu amo estar grávida, amo demais, me acho, me sinto e coisa e tal, mas uma coisa que eu sei é que não sou uma grávida do tipo bonita, eu fico mais feia que o normal. Isso não é pra ganhar confetes, é uma constatação mesmo, porque apesar de me achar na outra gravidez, eu sei que não estava bonita. E nem nessa, mas realmente eu emagreci e nem tem nada a ver com a gravidez em si (será mesmo?) porque não estou enjoando. Ah, e nem por isso, por me achar mais feia eu curto menos.

Acho que alguma coisa se curou (ou caminha para a cura), antes da gravidez, e está refletindo agora. De todo modo é ótimo ouvir isso, seja como for. Tem também o fato de que eu estou mais vaidosa do que nunca, e isso é muito engraçado, eu nunca fui assim durante tanto tempo seguido. Eu tenho surtos de me arrumar, emperequetar, como diz minha mãe, mas passa rápido. Agora não, tem tempo já. E tô adorando. Muito engraçado.

Vejo que essa cura teve muito a ver com a personal witch, não sei no que ela mexeu, com seus shiatsus, reikis, agulhas, florais e sotaque chileno. Sei que já fiz muitos tratamentos alternativos, já fiz tudo isso outras vezes, mas nunca tive o resultado de agora.(Isa, nunca vou te agradecer o suficiente.)

E pra falar a verdade eu pratiquei muito o Brahma Mudra, acho que ajudou muito também. É um mudra fácil demais de fazer e eu fazia sempre que me lembrava, por alguns minutos, 2, 3.

O fato é que tem muitos anos que eu não me sinto tão bem. Espero que este estado dure a gravidez toda, no parto e que depois eu possa reencontrar a pessoa que ficou perdida em algum canto que era eu.

Eu sei que esse post ficou bem vaidosão e meio sem noção, mas ah, nem ligo, acho bom, isso aqui é pra isso mesmo.

2010
uma parte de mim não sou eu

8 comments

  1. Ção disse:

    A casa é sua fique a vontade, rsrs

    Parabéns.

    Vou procurar onde fica o plexo solar, para fazer o mudra também.

    Beijos

  2. ge 40 graus disse:

    Adoro seu posts, voce sabe, mas este em especial é o melhor até hoje, tem mais é que falar bem de voce, dizer alto que está se sentindo bem, bonita, me ajuda, vamos fazer um coro, derrubar essa mania de só falar quando se está mal, muito bacana, já fui checar como é esse mudra e vou começar a fazer, estou até pensando em visitar essa witch !!! Beijos, parabéns Nalu !!! Esse bebê tem muita sorte de estar sendo gerado por voce !!!

  3. greice disse:

    Nalu amada, você está mais linda do que nunca, e isso definitivamente não é confete, é o que eu tenho visto em fotos suas.
    E olha, posso estar falando bobagem, mas vou mè dar essa liberdade:
    eu acho que depois que tive a Mariana, melhorei em muitas coisas, até mesmo algumas compulsões. E depois do Henrique tenho me sentido tão completa que algumas coisas que me preocupavam, me chateavam, agora passam batido. Sinto que tenho o que eu preciso pra ser feliz, e o resto é resto.
    Módiquê acho que essa gravidez pode ter vindo pra mudar de vez muita coisa que te incomodava, mesmo o que tem a ver com peso e aparência.
    beijos e lovo you.

  4. Te amo coração! Te amo meu carinho! Te amo minha vida!
    E concordo com a Grê, vc sempre foi e sempre será linda! Muito linda!
    Beijos
    Babi

  5. K disse:

    Ah Nalu, se pudesse se ver com meus olhos…

  6. Vanessa disse:

    Eu não tenho visto fotos tuas, mas a ultima que vi (no vier do Gus)estavas realmente muito bem.
    Adorei o post, vi uma Nalu que eu não tinha visto mais por aqui, alegre, confiante, de bem consigo mesma!
    Adorei.

  7. vania disse:

    Parabéns!

    Pela gravidez e por estar se sentindo melhor e mais bonita!

    Eu planejo uma gravidez para daqui 4 anos. Antes não dá, não é seguro, porque fique 7 meses com colostomia e parece que a musculatura abdominal ainda não cicatrizou o suficiente.

    A gineco diz que quando eu fizer 35 posso numa boa (rsss).

    Até lá, quero emagrecer e manter um peso “bom” para ficar bem durante a gravidez e depois.

    Acho grávidas lindas.

    Uma amiga de São Paulo me mandou o ultrasom, com um trocinho de 25 mm lindinho! fico muito emocionada, acho lindo e fantástico. Acho que é uma das coisas mais legais de ser mulher.

    Mas, de qualquer modo, me sinto uma “mãe” bem resolvida, se não rolar o segundo filho, tudo bem. Já tenho alguém para “cuidar” e “educar” por muitos anos rsss

    coloca fotografia quando quiser, acho que vc vai ficar linda, não adianta dizer o contrário!

    beijos e muitas felicidades!

  8. Flávia disse:

    Nalu, adorei esse post, sinto que vc está muiito feliz (com toda razão). Acho que quando completamos a família da forma que queremos, como a Greice afirmou, tudo fica melhor. Vc está ótima sim, tanto por dentro quanto por fora!
    Bjs,
    Flávia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *