Archive for 100 melhores

Desafio Literário Skoob

RDesafioesolvi ver se consigo participar desse desafio. Na verdade nem sei direito porque resolvi isso, logo eu que tenho DDA e já tenho dificuldade em cumprir metas muito mais simples, mas vamos lá…

Eu procurei colocar na lista os livros que eu já planejava de algum modo ler. Acho que o único que saiu disso foi o Talentoso Ripley, mas não de todo, já que essa autora, Patricia Highsmith eu planejava ler algum dia. Coloquei alguns que constam nas minhas eternas listas, que estão pra serem lidos, e tentei conciliar as coisas. Ficou assim: Read more

O Planalto e a Estepe

planaltoestepeO Planalto e a Estepe – Pepetela

Esse livro eu também li por causa do meu auto desafio Livros Contemporâneos. E porque calhou que um dos desafios do grupo de leitura que eu faço parte tinha como tema uma história de amor. E ainda porque queria conhecer mais este autor de língua portuguesa, já que todos, ou quase todos os que li ultimamente eu gostei muito.

Eu gostei da leitura, é uma leitura fácil, fluida, e gostosa. E também tem umas reflexões muito boas sobre a militância nos anos 70, sobre o comunismo e tal. E a história de amor também é bonita, bem bonita. Como é um livro recomendado por vários professores/planos de ensino, existem muitas resenhas sobre ele por aí, é só googlar.

(Aliás uma coisa que eu quero aprender a fazer é resenha, essa é uma meta pra 2015.)

Sinopse

Read more

Literatura Fundamental

Especial de vídeos reúne entrevistas com professores de literatura

Confira a playlist de vídeos:

2014-08-05

http://univesp.br/novidades/literatura-fundamental

Por Isabel Cleary, da Assessoria de Comunicação da UNIVESP

A UNIVESP TV reuniu, em uma playlist, autores e obras da literatura universal.  Entre as obras selecionadas estão: Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes Saavedra; Os Lusíadas, de Luís Vaz de Camões; O Estrangeiro, de Albert Camus; Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, entre outros grandes nomes da literatura mundial.
O especial de vídeos faz parte do programa Literatura Fundamental, que convida especialistas para comentar as obras. Os professores entrevistados compõem os quadros das principais universidades do país e até dos Estados Unidos: Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Universidade da Califórnia Davis.

O Vento nos Salgueiros

ventosalgueirosO Vento nos Salgueiros – Kenneth Grahame

Início: 21/11
Fim: 26/11/2014

(Livro lido para o Grupo Palas Atenas, tema: Fantasia)

Terminei de ler. Bem fofinho, é gostoso de ler, embora literatura pra crianças não seja o meu forte. Mesmo assim acho que vou ler pros meus filhos. Acabei baixando o filme e fui ler o capítulo do livro do Alberto Manguel “Os livros e os Dias” que fala de O Vento nos Salgueiros e é bem legal.

Este romance é um clássico da Literatura Inglesa do começo do século. O autor escreveu-o como cartas para entreter o filho, sem imaginar que, reunidas estas em volume e publicadas, se tornariam um grande sucesso literário. Os personagens são animais, que vivem no mesmo ambiente dos seres humanos.

‘…um livro infantil divertidíssimo, contrastando a vocação doméstica e intimista do Toupeira com o espírito aventureiro do Rato, a sabedoria ajuizada do Texugo e as destrambelhadas aventuras do Sapo, rebelde, sem juízo, entusiasmadamente triunfante em sua irreverência. Pela força psicológica dos personagens que cria e a quem dá vida – ainda que sejam simples animaizinhos do campo ou habitantes das margens de um rio – Kenneth Grahame dá origem a um universo que nenhum leitor esquece. Em suas ações, se desenrola uma história de crescimento, de formação de um personagem (Toupeira), e essa narrativa é que nos carrega. O leitor acompanha emocionado o relato de uma situação com que toda criança sonha – e muito adulto também. Ou seja, vamos seguindo o processo em que o herói sai da segurança do lar para se lançar no mundo, e passa de um estágio de inexperiência e medo para uma fase mais madura, em que tem condições de dar conselhos e é capaz de liderar os outros.’

Read more

para ler os contemporâneos

contemporaneos280Estes dias saiu o livro Por que ler os contemporâneos?. E como eu amo uma listinha, fiquei bem curiosa a respeito. Eu não vou comprar o livro, pelo menos não agora, não po$$o, embora a curiosidade e vontade tenham sido grandes. Mas tive vontade de conhecer a lista dos autores contemporâneos que os autores resenham e recomendam. E são 101. Alguns eu não conhecia nada, outros não li nada ainda. Eu senti falta do Milan Kundera, do David Grossman, da Isabel Allende… E com certeza vou lembrar de outros que não vi ali.

Eu gostei, serve como uma pequena orientação pra gente conhecer coisas novas, e conhecer mais da literatura contemporânea. Eu li pouca coisa dessa lista, o que é ruim e bom. Ruim porque gostaria de ter lido mais, mas bom (bom demais, na verdade!) porque ainda tem muita, muita cosia boa nessa vida pra ler. Já até mesmo separei alguns livros de alguns autores que eu não li pra colocar na minha interminável fila de leituras. A lista dos autores é:(os nomes riscados são de autores que eu já li)

Read more

Ana Karênina

annakarenina

Então, começando 2013. Não foi o primeiro livro que eu li, mas é o primeiro que vai aparecer aqui.

~~//~~

 O livro é bem mais que esse resumo aí, mas como eu não vou escrever um resumo mesmo, vai esse. Na internet se encontram resenhas e posts ótimos sobre o livro. Eu adorei,  é um livraço mesmo, mas né, nada do que eu diga vai acrescentar, aí fica só o registro mesmo.

Também não vou colocar os dados, porque tem inúmeras versões dele e eu li uma versão em português
de Portugal, que descobri depois que a tradução dele foi plagiada no Brasil, que cousa.

 –

Ana Karênina – Liev Tolstói

Uma das melhores obras de Tolstói, o romance Ana Karênina narra a história do amor difícil e controvertido vivido pela protagonista Ana na Rússia czarista. Ela é uma mulher casada que vai atrás de seu amante Vronski mas, arrebatada por uma paixão proibida, resvala cada vez mais para um abismo de mentiras e destruição. Tolstói questiona o significado da vida e da justiça social tendo como pano de fundo as crises familiares. É o maior romance do adultério na literatura universal.

Listas dos 100 Melhores

(Editado em 08/09/20147)

Eu resolvi meio que seguir duas listas de 100 melhores livros. A da Revista Newsweek e a do Instituto Nobel. Então que em comum elas têm 26 livros, que resolvi que serão os que vou ler primeiro. Claro, entremeando com os muitos livros que eu tenho aqui à minha espera.

Esse livros são os seguintes:

  • 1984, George Orwell
  • Ilíada – Homero
  • Amada – Toni Morrison
  • Lolita, Vladimir Nabokov
  • Anna Karenina – Tolstoi
  • Middlemarch – George Eliot
  • Aventuras de Huckleberry Finn, As – M Twain
  • Mrs. Dalloway – Virginia Woolf
  • Carnê Dourado, O – Doris Lessing
  • Mundo se Despedaça, O – Chinua Achebe
  • Contos da Cantuária – Geoffrey Chaucer
  • Odisséia – Homero
  • Em Busca do Tempo Perdido, Marcel Proust
  • Orgulho e Preconceito-  Jane Austen
  • Filho Nativo, Richard Wright
  • Otello – William Shakespeare
  • Filhos da Meia-Noite – Salman Rushdie
  • Passeio ao Farol, Virginia Woolf
  • Folhas da Relva, As – Walt Whitman
  • Rei Lear, O – William Shakespeare
  • Guerra e Paz – Leon Tolstoi
  • Som e a Fúria, O – William Faulkner
  • Hamlet – William Shakespeare
  • Ulisses – James Joyce
  • Homem Invisível, O – Ralph Ellison
  • Viagens de Gulliver, As – Jonathan Swift

Daí eu vi que já li desta lista inicial 8 livros. Eu tenho aqui em casa 19 deles. Faltam ainda: Read more

Dia 28

100-anos

Dia 28 — Um livro que você pode citar de cor

Cem Anos de Solidão

Eu li esse livro nos anos 90. Ou final dos 80, não lembro direito. Depois li de novo. E de novo. Aí eu digitalizei ele todinho. E algum tempo depois, eu fiz a correção dele todo, e li de novo, porque é um livro maravilhoso né? Sem explicação de tão bom. Emocionalmente eu sou mais ligada ao Do Amor e Outros Demônios, tenho mais apego à ele e por vários anos achei que ele era melhor. Mas Cem Anos é imbatível.

CEM ANOS DE SOLIDÃO

Read more

Dia 27

Dcoleraia 27 — A história de amor favorita

O Amor Nos Tempos do  Cólera

(e também Una Pena em Observación)

Não é fácil responder a essa pergunta, são tantas histórias de amor tão boas. Mas por ora fico com essas duas, pra não deixar passar em branco esse dia.

AMOR NOS TEMPOS DO COLERA, O

Formato: Livro
Autor: GARCIA MARQUEZ, GABRIEL
Editora: RECORD
Assunto: LITERATURA ESTRANGEIRA – LATINO-AMERICANA
ISBN: 850102872x
ISBN-13: 9788501028723
Idioma: português
Número de páginas: 429 Read more

100 Melhores Livros de todos os tempos do Norwegian Book Club

Eu tenho um fascínio por listas. Acho que quase todo mundo tem né? Deve ter, sei lá.

Eu tinha vontade, desde novinha, de ter lido os clássicos, os grandes livros da literatura. Vontade boba, meio pedante, mas né, não vou brigar com uma vontade da infância. Eu tinha vontade de conhecer esses livros todos que são sempre citados, que são referência pra tantas coisas, que fazem parte do imaginário mesmo de quem não leu. Aí nesse ano passado e no retrasado, de volta à literatura, essa vontade voltou e eu fiquei procurando listas de 100 melhores pra lá e pra cá.

Nem preciso dizer que esse tipo de lista é falho, é enviesado, nunca contempla tudo e não tem como ser parcial e coisa e tal, mas mesmo assim acho algo tem que  é pertinente e que dá pra aproveitar.

Então eu estava interessada na lista da newsweek, que achei a mais rica. Mas ontem eu vi a que foi feita pelo povo lá do Instituto Nobel (o do prêmio mesmo), e que foi feita por não sei quantos escritores (acho que foram 100 escritores de 54 países). E achei essa muito interessante também, mais heterogênea. E tem o nosso Rosa nela, olha que coisa! O Instituto não deu, ao que parece, ordem para os livros, não tem primeiro, segundo e terceiro lugares, são os maiores livros. A única exceção, ao que parece, é feita para Dom Quixote, esse sim, considerado o maior romance de todos os tempos. E tinha alguns livros ali que eu nunca tinha ouvido falar. E teve uns 3 que eu não encontrei o correspondente em português…

Atualização: Na página da wikipédia tem a lista dos autores que votaram. Parece que do Brasil, João Ubaldo Ribeiro e Ana Miranda fizeram parte.

=====

Lá vai (a lista está em ordem alfabética e não de importância):

100 Melhores Livros de todos os tempos do Norwegian Book Club

 

  1. 1984, George Orwell
  2. A Consciência de Zeno, Italo Svevo
  3. A Divina Comédia, Dante Alighieri
  4. A Eneida, Virgílio
  5. A Epopéia de Gilgamesh
  6. A História de Genji, Murasaki Shikibu
  7. A Ilíada, Homero
  8. A Metamorfose, Franz Kafka
  9. A Montanha Mágica, Thomas Mann
  10. A Morte de Ivan Ilich, Leon Tolstoy 
  11. A Odisséia, Homero
  12. A Saga de Njal 
  13. Absalão, Absalão, William Faulkner
  14. Almas Mortas, Nikolai Gogol
  15. Amada, Toni Morrison (1931) U.S.A.
  16. Amor nos Tempos do Cólera, Garcia Marquez 
  17.  Anna Karenina, Leon Tolstoy
  18. As Aventuras de Huckleberry Finn, Mark Twain
  19. As Folhas da Relva, Walt Whitman
  20. As Mil e Uma Noites 
  21. As Viagens de Gulliver, Jonathan Swift
  22. Berlin Alexanderplatz, Alfred Doblin
  23.  Casa das Bonecas, Henrik Ibsen
  24. Cem Anos de Solidão, Garcia Marquez
  25. Contos da Cantuária, Geoffrey Chaucer
  26. Contos Escolhidos, Anton Chekhov
  27. Crime e Castigo, Fyodor Dostoyevsky
  28. Decameron, Giovanni Boccaccio
  29.  Diário da Loucura e Outras Histórias, Lu Xun
  30.  Dom Quixote, Miguel Cervantes
  31.  Édipo Rei, Sófocles
  32. Educação Sentimental, Gustave Flaubert
  33. Em Busca do Tempo Perdido, Marcel Proust  
  34. Ensaios, Michel de Montaigne
  35. Fausto, Goethe
  36. Ficções, Jorge Luis Borges
  37. Filhos de Gebelawi, Naguib Mahfouz
  38. Filhos e Amantes, D.H. Lawrence
  39. Fome, Knut Hamsun
  40. 40. Gargantua e Pantagruel, François Rabelais
  41. 41. Gente Independente, Halidor Laxness
  42. 42. Grande Sertão: Veredas, Guimarães Rosa
  43. 43. Grandes Esperanças, Charles Dickens
  44. 44. Guerra e Paz, Leon Tolstoy
  45. 45. Hamlet, William Shakespeare
  46. 46. História Completas, Franz Kafka
  47. 47. História, Elsa Morante
  48. 48. Histórias Extraordinárias, Edgar Allan Poe
  49. 49. Homem sem Qualidades, Robert Musil
  50. 50. Jacques, o Fatalista, Denis Diderot
  51. 51. Lolita, Nabokov
  52. 52. Madame Bovary, Gustave Flaubert
  53. 53. Mahabharata 
  54. 54. Medéia, Euripides
  55. Memorial do Convento, José Saramago 
  56. Memórias de Adriano, Marguerite Yourcenar
  57. Metamorfoses, Ovidio
  58.  Middlemarch, George Eliot
  59. Moby Dick, Herman Melville
  60. Molloy, Malone morre, O Inominável, S. Beckett
  61. Mrs. Dalloway, Virginia Wolf
  62. Nostromo, Joseph Conrad
  63. O Carnê Dourado, Doris Lessing
  64. O Castelo, Franz Kafka
  65. O Estrangeiro, Albert Camus
  66. O Homem Invisível, Ralph Ellison
  67. O Idiota, Fyodor Dostoyevsky
  68. O Livro de Jó
  69. O Livro do Desassossego, Fernando Pessoa 
  70. O Morro dos Ventos Uivantes, Emily Bronte
  71. O Mundo Se Despedaça, Chinua Achebe
  72. O Som da Montanha, Yasunari Kawabata
  73. O Som e a Fúria, William Faulkner
  74. O Tambor, Günter Grass
  75. O Velho e o Mar, Ernest Hemingway
  76. O Vermelho e o Negro Stendhal
  77. Orgulho e Preconceito, Jane Austen
  78. Os Buddenbrooks ,Thomas Mann
  79. Os Filhos da Meia-Noite, Salman Rushdie (1947) Indía
  80. Os Irmãos Karámazov, Fyodor Dostoyevsky
  81. Os Mais Belos Contos, Hans Christian Andersen 
  82. Os Possessos, Fyodor Dostoyevsky
  83. Otelo, William Shakespeare
  84. Pai Goriot, Honoré de Balzac
  85. Passeio ao Farol, Virginia Wolf
  86. Pedro Paramo, Juan Rulfo
  87. Pipi Meia Longa, Astrid Lindgren
  88. Poemas Completos, Giacomo Leopardi
  89. Poemas, Paul Celan
  90. Ramayana, Valmiki
  91. Rei Lear, William Shakespeare
  92. Romanceiro Cigano,  Garcia Lorca
  93. Tempo de Migrar Para o Norte, Tayeb Salih  
  94. The Boston of Saadi (The Orchardi) Sheikh Saadi of Shiraz
  95. The Mathnawi Jalalu’I-Din Rumi
  96. The Recognition of Sakuntala, Kalidasa
  97. Ulisses, James Joyce
  98. Viagem ao Fim da Noite, Ferdinand Celine
  99. Vida e as Opiniões do Cavalheiro Tristram Shandy, L. Sterne
  100.  Zorba o Grego, Nikos Kazantzakis 

 

 

o mito da beleza

mitobelezaUm dos meus livros preferidos está disponível para baixar em ebook. Achei maravilhoso, porque ele esta esgotado e é bem difícil de encontrar. Eu achei acho que ler esse livro é como ir pra guerra, ter um filho, e etc., nunca mais se é a mesma pessoa, não se vê mais o mundo do mesmo jeito. Comigo pelo menos. Adorei, apesar de ter achado uma leitura dolorida. Mas como tudo em mim é dolorido mesmo, relevem e leiam se puderem. Aqui.

Livro: O MITO DA BELEZA – Como as imagens de beleza são usadas contra as mulheres
Autora: Naomi Wolf
Tradução: Waldéa Barcellos
ISBN:85-325-0131-1
Páginas: 440
Formato : 14×21