Archive for cotidiano

16

maudinhaHoje volto, porque é segunda, dia 1º, e abril vai ser um longo mês. Talvez amanhã eu tenha novidades sobre o meu tratamento de DDA.

Eu fiz a bateria de testes neurológicos e estou digerindo os resultados até agora, mexeu muito comigo. Não sei ainda como falar disso aqui.

Mas quero voltar à noite e escrever alguma coisa.

Sei que eu quero sorte, leveza e luz nesse abril.

14

naodeixe

“O homem morre a primeira vez quando perde o entusiasmo.”
[Honoré de Balzac]

Hoje eu estou muito agitada, coração chega a doer. Não sei porque, talvez seja a pressão do trabalho, talvez seja a dosagem do remédio, não sei o que é.

Tenho conseguido meditar, mas não tenho conseguido cumprir mais nenhuma das minhas metas. Talvez seja bom estar conseguindo cumprir UMA meta pelo menos.

Mas essa agitação me atrapalha MUITO. Eu não consigo fazer nada. Fico pensando se ter trocado o tipo de meditação pode estar influenciando nessa agitação. E nessa agitação minha memória fica ainda pior, minha força de vontade fica minada, eu fico uma barata tonta. E o dia todo tentei “desagitar” respirando, com pensamentos de calma e não adiantou. Preciso colocar meu trabalho em dia, eu já estou cansada de saber que não funciona o trabalho acumulado. Tem muitos anos que eu sei disso, mas não consigo colocar ele em dia. E não sei mais o que faço pra conseguir.

Porque isso paralisa toda minha vida, toda minha vida. Eu não tenho vivido nos últimos 10 anos por isso. Só tenho conseguido ser feliz de  férias ou afastada do trabalho. E não existe a opção de sair, então não tenho solução, tenho que conseguir vencer esse déficit de atenção pra conseguir me organizar e começar a viver. Eu não sei mais quantas vezes eu já cheguei à essa conclusão.

12

borboleta

Meu problema é com os abismos e as borboletas. Eu não consigo ultrapassar meus abismos porque estou sempre atrás das borboletas…

Olha, ter DDA é viver a vida correndo atrás do próprio rabo. 3 dias de carnaval, e eu não fiz nada. Hoje acordei super tarde, 11 e meia e só consegui meditar. Fique viajando na internet um tempão sem nada de concreto pra justificar, lendo e absorvendo informações sem parar. E é assim todos os dias, me perco em mil atalhos, corro atrás da borboleta o dia inteiro e termino à noite sem nada.

Deve ser por isso que meu marido criou um origami de borboleta chamado Nalu.

~~

Acho que ginko biloba está me dando do de cabeça. Todo dia agora eu tenho dores fortes que a velha neosaldina não tem dado conta.

~~

Não consigo decidir qual livro ler. E esse estágio é sempre chato, porque  eu não consigo viver sem ler, mas nele eu começo uns 20 livros (sem exagero) e largo tudo no começo, na metade…

Isso é algo que eu me prometi trabalhar, ir até o fim com o que eu começo, eu realmente preciso fazer isso. Acabar com essa provisoriedade que é uma marca tão constante na minha vida.

 

 

Precisa que haja vento sem parar


Quem virá ao meu encontro
na rua que cruza com a minha?

Ângulos do acaso, encruzilhadas do tempo, cotovelos do espaço, face a face com o inédito, sustos com o irreconhecível, encontros com o imprevisto:
esquinas do mundo.

A vida mora nas esquinas.

Guilherme de Almeida

=====

Um post por semana é dose. Queria postar mais, queria prestar mais atenção nisso,e no emgrecimento mas não tenho conseguido, o tempo anda curto como nunca na minha vida. Talvez seja um bebê em casa, talvez não, não sei exatamente. Estou dispersa e muito distraída, o tempo passa e eu percebo que não fiz nada  e que passo às vezes inutilmente.

Parei com as mentalizações e o resultado foi meio-amargo, + 600 gramas. Aqui em casa todos pegamos uma virose, estamos todos meio doentes.

Eu não estou conseguindo pensar coerentemente ultimamente. Minha cabeça parece um repositório de informações banais e sem sentido, minha cabeça está cansada.

Eu tinha voltado a tomar pílula, para tratar os ovários policisticos, mas pílula me faz mal demais da conta, eu fico péssima, eu não sou
eu mais. Eu fico agressiva, emburrada, triste demais, ai, um verdadeiro saco. Não andava bem, nem um pouco, mas estou melhorando, foi parar com a pílula e 3 dias depois já me sinto bem melhor. Minha pele sofre, eu só fico com a pele minimamente decente se tomar a pílula, mas os efeitos são muito ruins. E incrível, todo tipo de remédio me dá efeitos colaterias sérios, pesados. Talvez seja algo pra eu trabalhar em alguma terapia. Ou não, vai ver eu só tenho mesmo o organismo mais sensível mesmo e ponto final.

Preciso organizar minha semana, fazer o qi, o método gabriel, comer linhaça, ração humana, chá branco, chá de hibisco, chá verde, vermelho emarelo, farinha de maracujá, farinha de beringela e de feijão branco, tomar os florais, tomar pólen, pensar magro, relaxar, contar pontos, planejar cardápio, escrever na agenda magra, anotar o que comi, mastigar bem, fazer 6 refeições, meditar caminhar… Ufa!
Emagreci só de ler a lista rsrsrs