Archive for perdas e danos

19

tudopeigoso

Ontem tive uma notícia que muda todo o cenário da minha vida. Uma notícia ruim. Mas receber essa notícia ao menos me tirou de um estado de suspensão em que eu estava há alguns anos. E  me forçará a mudar algumas cosias na minha vida. Algumas coisas que há alguns anos eu venho enrolando, mentindo pra mim mesma, saindo fora, fingindo que não vejo. E agora é urgente. Tudo é urgente com 41 anos. E comigo acontece que eu vou ter que começar do zero. E eu fico pensando que se não consegui sair do torpor até hoje, o que me faria sair? Essa notícia muda o cenário, e eu nem processei ela direito ainda, mas desconfio que vou ter que pegar pesado comigo mesma pra sair de onde eu estou.

Isso me leva a pensar que eu  quero viver de forma diferente já faz muito tempo, mas nunca consigo. Quero mesmo ser e existir mais de acordo com o que eu valorizo. Preciso parar de gastar, preciso viver com menos, preciso destralhar, preciso viver com menos, preciso de um plano B, preciso de um novo modelo pra viver, bem agora na beirada dos 42 anos. Como fazer isso?

Sempre quis mudar, poucas vezes consegui, isso é fato. Será que agora consigo? Eu fico pensando que sem concentração vai ser muito difícil. A primeira coisa que tem que melhorar é minha atenção, minha concentração. Mas acho que não vai dar pra mudar uma coisa de cada vez, é muita mudança que eu tenho que fazer e não dá mais pra esperar, tudo é um pouco urgente agora.

13

past

Não vou me lamentar, não estou lamentando, até porque eu sei que nada adianta e também, agora já foi. Mas quando eu olho para trás e percebo como eu tive prejuízos por ter DDA e não saber, e não tratar…

Hoje me dei conta de que até mesmo a amamentação dos meus meninos foi prejudicada por esse transtorno. Quanta coisa eu larguei sem concluir por causa do DDA. Uma pós graduação, um mestrado extremamente promissor na UFMG ( e eu fiz TODAS as matérias!), um doutorado, um convite para fazer doutorado na UBA (Universidade de Buenos Aires) ou na Universidade de Córdoba. Sem falar em outras oportunidades menos claras, a faculdade de Filosofia (que eu estava indo extremamente bem), faculdade de Letras…

Hoje eu sei porque pra mim é insuportável ficar de plantão, fazer audiências…

Eu tenho a impressão de que eu estaria em outro lugar bem diferente hoje se tivesse sabido e tratado disso antes, quanta coisa eu teria poupado.

Mas o bom é que eu sei agora,  já estou me preparando, e sei que realmente poderia ser diferente, mas ainda pode ser diferente do que seria daqui pra frente.