Os meus olhos têm a fome do horizonte

dreams

Ser capaz, como um rio
que leva sozinho
a canoa que se cansa,
de servir de caminho
para a esperança.
E de lavar do límpido
a mágoa da mancha,
como o rio que leva e lava.

Crescer para entregar
na distância calada
um poder de canção,
como o rio decifra
o segredo do chão.

Thiago de Mello

=====

Dezembro foi como esse ano todo, mas em escala aumentada. Um mês rico, bem rico, cheio de coisas, como é normal mesmo em dezembro. Eu tiro férias em dezembro por uma série de motivos, mas a verdade é que dezembro passa rápido demais. Mas foi um mês muito bom, muito mesmo, como todo 2011, não posso reclamar. Eu li uns 28 livros, vi mais de sessenta filmes, conheci um país novo, viajei mais que outros anos, fiz 40 anos, encontrei bastante os amigos, tive amizade, amor, carinho, meus filhos estão com saúde, foi o ano que eu menos me estressei com meu trabalho, por incrível que pareça. É um saldo maravilhoso e se continuar assim em 2012 já está ótimo para o meu umbiguinho.

Claro que aconteceram coisas ruins, eu voltei a fumar (shame on me), perdi minha empregada de anos, continuo imensamente gorda, e otras cositas más, mas… Ainda assim o ano foi muito bom, espero que 2012 continue o ritmo.

No assunto que era pra ser (mas já não é mais há muito tempo) o principal desse blog, também tive algum ganho pouco, emagreci 12 quilos, mas ganhei outro tanto, e agora nesse momento tô gorda de novo. Não tanto, mas estou MUITO ainda. Mas consegui fechar uma lista de 101 coisas em 1001 dias e vou recomeçar uma dieta a qualquer momento contando de agora. Não vou entrar em mais nenhuma conversa sobre isso, porque já deixou de fazer sentido e ficou só o patético.

=====

Essas listas de coisas do mês podem ser bobas e pedantes e qualquer outro adjetivo desabonador aí. Mas nossa, como elas enriqueceram o meu ano, viu? Mesmo, porque hoje eu também tô nessa vibe, claro de Viver Para Contá-la, também quero isso, viver para listar, fotografar e ver ali. Eu também estou no espírito do meu tempo, fotografar para viver, viver para contar, contar para publicar. Não tem jeito, fui apanhada (apesar do avançado da idade), na mesma onda. E eu vou com ela, às vezes reflito, às vezes vou com a onda. Mas o fato é que , quando eu comecei a catalogar as coisas, eu tive vontade de fazer cada vez mais coisas, de viver mais, e isso é parte também do que eu acho que enriquece a MINHA vida.

=====

Não sei se vou continuar escrevendo sobre dieta nesse blog esse ano, já estou no da recapitulação diária, que é outra coisa que me faz muito bem, embora eu tenha esquecido dela por algumas bastante vezes, e não sei se vai rolar. Talvez aqui continue como foi esse ano, só com essas listas mesmo. E acho que vou excluir todas as outras postagens. Começar do zero em 2012.

=====

Pois é, gostei de dezembro. A vida bem podia ser um grande dezembro.

Filmes
  • A Fita Branca
  • Minhas Tardes com Margueritte
  • O Porco Espinho
  • Cerejeiras em Flor
  • Na Idade da Inocência
  • Um Conto Chinês
  • Cópia Fiel
  • O Segredo dos Seus Olhos
  • Noite de Ano Novo
Séries
  • Prime suspect
  • Homeland
  • Enlightened
Livros
  • Memória Inventada
  • O Andar do Bêbado (lendo)
  • Complexo de Portnoy
  • O Livro do Riso e do Esquecimento (revisão. Pronto)
  • Amada (lendo e digitalizando)
  • Europa de Cinema
Acontecimentos
  • Amigo Secreto
  • Confraria
  • Almoço com a Dê e troca de presentes
  • Férias!!!
  • Almoço Isa e Fê
  • Sorvete à tardinha
  • Quase-presente do pai
  • Cinema e japa
  • Natal
  • Aniversário do Rada (um dos melhores!)
  • Ceia de Ano Novo
  • Fechei a lista de 101 coisas em um dia. Vai de 01/01/2012 até 27/09/2014
Cozinha
  • Sobremesas do Natal
  • Ceia de Ano Novo
=====
Mesmo que eu mande em garrafas mensagens por todo o mar
Maio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *