Hay que empezar de cero, para tocar el cielo

Existem momentos na vida onde a questão de saber se se pode pensar diferentemente do que se pensa, e perceber diferentemente do que se vê, é indispensável para continuar a olhar ou a refletir.”
Michel Foucault

Eu queria que todos os dias fossem os primeiros dias do meu ciclo. Porque nesses dias desaparece (mas desaparece mesmo) a minha fome, minha compulsão, é como se meu cérebro liberasse seu próprio regulador de apetite, sua propria anfetamina, sem os efeitos ruins. Eu fico bem, sem nenhuma fome, sem nenhuma compulsão. Eu quase esqueço meso a comida. Eu queria tanto ser assim sempre, todo o ciclo…

Mas pode ter acontecido que o floral pra compulsão esteja fazendo efeito, não sei ao certo, esqueço demais de tomar. Sabotagem feia essa que faço comigo mesma, porque esqueço estrategicamente logo isso. tsc tsc tsc…

Sei que tem uns dias já que estou sem vontade de atacar quilos de chocolate, sem fome toda hora, é uma maravilha. Ah, como eu queria que isso durasse, se tivese como. Como a ciência não descobriu ainda que substancia reguladora da fome, da compulsão desenfreada é essa? Porque eu tenho certeza que não sou a única mulher que passa por isso.

Imagem daqui, licença creative commons: http://www.flickr.com/photos/h-k-d/2864168894/

post

2 comments

  1. Bruxa do 203 disse:

    Ah! Como eu queria essa substância reguladora da fome, mas que o efeito dure por muitos anos!

    Hay que empezar de cero, para tocar el cielo – me gustó la frase!

  2. Rachel disse:

    Olá,

    vim retribuir a sua visita. Amei seu blog! Estarei sempre por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *