Hoje já sei que sou tudo que preciso ser

oneday


Sê paciente; espera
que a palavra amadureça
e se desprenda como um fruto
ao passar o vento que a mereça.
.
Eugénio de Andrade
=====

Mais um sábado (que passou) e eu sem assunto. O peso na mesma.

Quer dizer, sem assunto pra postar, porque eu tenho tido pensamentos em profusão também sobre engordar/emagrecer. Tenho lido muito sobre o assunto, tenho escutado muitos áudios de reprogramação mental. Porque além de eu acreditar muito no poder da mente, no poder e na efetividade da visualização, eu preciso convencer meu cerebrinho teimoso que é mais legal ser magro do que comer… Ele realmente não acha isso!  Eu preciso que ele saiba que eu não vou passar fome, que tem comida demais no mundo e coisa e tal. Daí resolvi ir fundo nisso. Porque, vou repetir: (exercicio de repetição pra mim mesma, falando em voz alta pra ver se eu acredito) o que mais me emagreceu nessa vida até hoje foi o Qi mental e o programa das cores dos VP. Então peguei o monte de cds que eu tinha, de livros sobre o assunto, além de 4 novos livros que pintaram na minha mão recentemente e resolvi ler.

Digo que desta vez não está só na promessa, eu tenho escutado uma meditação/visualização/exercício mental todos os dias. Até agora acho q o CD do método Gabriel é o mais efetivo. Infelizmente a editora que publicou o livro em português fez um trabalho porco e vagabundo e não disponibilizou o CD que só é encontrado em inglês e espanhol pela editora americana.

Atualmente o obstáculo tem sido falta de tempo. Estou trabalhando muito, esta semana estiveram os 3 rapazes da casa doentes, foi um sufoco. E marido e baby ainda estão. Além do que eu fiquei viajando muito a trabalho. Viajando por aqui perto, diga-se, quem dera fosse em lugar longe e interessante. Aí não está evoluindo com a rapidez que eu gostaria, mas não estou fazendo isso de muleta não. Achei que adiantou. Não tenho tomando a caralluma direito, mas observei uma diminuição grande da vontade de comer doce. E a compulsão também reduziu bem… Não coloco isso na conta da caralluma porque de vez em quando tenho essas fases, é cíclico demais, é preciso olhar mais de perto pra saber.

Aí. Tive que parar o post porque tivemos q ir pro pronto socorro com o baby. Então vou publicar assim mesmo, que se eu for ficar de firula não publico nunca mais.

No vácuo de um quarto no espaço sem fim
Eu perdi o dó da minha viola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *