Maio 2015

minhamaeMaio foi corrido, e normalmente estranho. Passou voando.


No começo do século XX, os alarmes sobre “superpopulação” refletiam, em última instância, a inadequação cada vez mais evidente da indústria de remoção e reciclagem do lixo em sua forma ortodoxa, inaugurada no princípio da era moderna e refinada no curso da história desse período. Acima de tudo, refletiam a impossibilidade da tarefa, nunca antes confrontada, de fornecer soluções globais para problemas produzidos localmente. O “problema”, ou seja, a redundância humana, é agora produzido em termos globais, e não no âmbito local; todas ou quase todas as terras do planeta caem hoje na categoria de produtoras de redundância pura e anseiam por exportar seu excesso populacional, embora nenhuma delas, ou quase nenhuma, seja capaz de absorver ou possa ser forçada a admitir os excessos populacionais produzidos em outros lugares. Em nossa era caracterizada por uma facilidade de viajar sem precedentes e por uma inédita mobilidade, os excedentes populacionais são fixados aos lugares em que são produzidos, os quais se mostram incapazes de acomodá-los – e as gangues especializadas no contrabando de pessoas são sua única chance de apelar contra o veredicto do destino.
Como observou Milan Kundera, o único significado até agora da unificação da humanidade é que não há para onde fugir.

(Do livro Isto não é um diário, Zigmunt Bauman)


Recheios

  1. Pizza Sur e cinema com Akio
  2. Clube do Livro
  3. Cervejada com Rada, Karina e Humberto
  4. Centro Zanmi
  5. Começo da Reforma
  6. Aniversário

Livros

  1. Madrugada Suja 
  2. A Idade Decisiva
  3. Acabadora
  4. Isto Não É Um Diário

Filmes

  1. Cake
  2. Não Me Esqueça (documentário)
  3. Esse Viver Ninguém Me Tira (documentário)
  4. Simone de Beauvoir (documentário)

Séries

  1. O Desafio (3ª Temporada)
  2. Mad Man (1ª e 2ª Temporadas)

 

Não teve arte completa.

Não teve comida, porque maio foi o mês inteiro sem cozinha, sem fogão, sem geladeira.

Junho 2015
Abril 2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *