Meu olhar se perde na poeira

Da minha janela ainda agorinha

 

“Tenho medo de não conseguir manter minhas idéias, meus pontos de vista, minhas escolhas. A minha cabeça é como um guarda que não permite que eu estacione em local algum. Eu fico dando voltas e voltas no meu cérebro e quando encontro uma vaga para ocupar, o guarda diz: circulando, circulando . Você está me entendendo? Eu não tenho área de repouso. Raramente desligo, e quando isso acontece, não dá nem tempo para o motor esfriar.”


Martha Medeiros.

=====

Um mês sem escrever nada! Nossa! Mas duas semanas foram meio atípicas: a  da páscoa, que eu viajei na quarta de madrugada, e essa semana que acabou ontem que eu estava extremamente estressada, um feixe de nervos em brasa, o cúmulo do stress, e não vi nada. Stress me deixa assim, cega, completamente sem saber de nada, eu fico uma anta.

E não fosse o feriado e a viagem, esse também teria sido um mês meio pobre em coisas que fiz por mim, mas na verdade não foi. Senti falta de cozinhar, de fazer coisas gostosas e diferentes, de relaxar cozinhando. E foi um péssimo mês no trabalho também. Mas o saldo do mês ainda foi emagrecimento. Muito pouquinho, 600grss só, ams foi pra baixo né? Menos mal. Até porque eu tinha engordado bem. A penúltima vez q pesei deu um aumento de quase um quilo. Isso pra quem não tinha emagrecido nada foi muito, muito. Aí não me pesei na semana da páscoa e pesei sexta feira, resultado, menos 1,4. Tá ótimo, mas a verdade é que depois que eu entrei pro VP eu emagreci bem pouco. Ainda não entendi essa mística, mas sigo. Entre altos e baixos, muito baixos, tropeços e muitas falhas ainda, mas é como eu falei uma vez há muito tempo e cadavez mais isso é verdade, é aprendizado mesmo e desta vez só tenho dois caminhos, ou vai vou vai. Mesmo que ao custo de 600 grs por mês…

Não tenho meditado e isso está me deixando bem nervosa. Desde que aprendi a meditar, nunca tinha ficado tanto tempo sem meditar, agora estou sentindo claramente os efeitos de ficar sem.

É  isso, queria mesmo de verdade escrever aqui com mais frequência, mas nem falo nada, não tenho conseguido.  Esse mês faço 40 anos, mereço me dar esse presente. Vou fazer esse mês bem bonitinho, caprichado como foi janeiro e fevereiro.

As coisas boas de abril:

Filmes

  • Filhos da Esperança
  • Foi Apenas um sonho
  • O Ritual
  • Mary e Max – uma amizade diferente
  • Coraline
  • O Quarto do Filho

Livros
(não terminei nenhum)

  • Pergunte ao Pó
  • Um Caminho com o Coração
  • 59 segundos

Coisas boas

  • Viagem Semana Santa
  • Encontro com a  Vó, com meu primo e afilhado e recuperação dela…
  • Confraria
  • Almoço de comadres
  • Restô japa (pena que foi só uma vez)
  • Voltei pra ioga
  • Longas conversas com Rada (que falta isso me faz!)
  • Emagreci 600 grs
  • tab
Comidinhas
  • Piadina
Um quilo mais daquilo, um grilo menos disso

One comment

  1. Nando Neri disse:

    Olha… Nem sempre entendemos o que nos acontece, mas podemos entender e saber como devemos agir. Continue seguindo firme sua R.A que os resultados aparecerão.
    Beijo no coração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *