pois é

Eu estava estudando e meditando um pouco sobre a carta do Tarot “A Justiça” quando me deparei com uma citação que adorei.

.

E resolvi dedicar para tod@s @s paladin@s da justiça, guardiães da moral e dos bons costumes, para @s que tomam para si os cargos de carrasco, julgador, sentenciador. E @s afins tod@s.

.

.

“Eu amo o mau que sabe que é mau, mais do que o justo que sabe que é justo. Mas dos maus que se julgam justos, diz-se o seguinte: ‘Já nos umbrais do inferno eles não tentam retroceder, pois imaginam que estão sendo levados para o inferno a fim de salvar as almas dos que lá estão’.”

.

Contos de Chassidim

.

O Tarô e a Viagem do Herói
el tarot de los amantes

4 comments

  1. Chris disse:

    Nalu, querida, muito boa a citação, adorei!

    Beijos

  2. Dani S disse:

    Naná, putz, taí uma coisa que devia virar um credo diário, né? os meus atos podem ser tão graves qto os que eu condeno no outro.

  3. Vanessa disse:

    Eu posso ser mesmo um ser minúsculo e insignificante e sem alma, mas eu não consigo entender e não consigo realmente perdoar uma pessoa que me faz um mal ou faz um mal, intencionalmente, a alguém que chama de amiga.
    Eu condendo sim, julgo sim, pois tá ai um ato que eu nunca, juro mesmo, nunca faria com uma pessoa amiga e muitas vezes ingênua né?
    Será que eu tenho salvação?
    Ou serei sempre julgada como uma pessoa que quer estar acima do bem e do mal?
    Pelo menos eu não sou hipócrita né? Afinal se eu não gosto não gosto, não finjo gostar e nem falo e nem sacaneio pelas costas.
    Acende uma vela pra mim ai!!!

  4. Veronica disse:

    eu tenho me policiado muito para julgar menos. acho que não cabe mais, já que resolvi me libertar de algumas prisões do inconsciente. o ato de julgar o próximo, ao meu ver, é usado como auto-afirmação, coisas como ‘olha como eu sou melhor, nunca faria isso’, porém desde que me coloquei na esfera ‘posso ser tão boa ou tão má quanto qualquer pessoa do planeta’, não tem mais porque eu me auto-afirmar em cima dos deslizes e das diferenças alheias.
    adorei a citação e que deus me livre de ser aquela que quer ocupar o cargo de pastora de ovelhas.
    (adorei também a sua resposta ao meu outro comentário. guardei e leio todo dia. resolvi me auto-afirmar com base no elogio que me fazem. obrigada.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *