Uma palavra de madeira cai no chão

Faz-se urgente compreender a necessidade de aprender a viver sabiamente.Se queremos uma mudança definitiva, faz-se necessário que tal mudança se verifique primeiro dentro de nós mesmos; se não eliminamos nada do que temos internamente, externamente a vida continuará com suas dificuldades”.

Samael Aun Weor

=====

Eu vou postar hoje. Ainda não tenho assunto, não tenho muito o que dizer, mas estou aqui, postando. Quer dizer, eu tenho assunto, muita coisa está acontecendo, mas no meu íntimo, nada interessante pra que se leia num blog, nem nada que deva/possa ser dito em público. Mas bem fervilhante aqui dentro.

Então vou começar contando que esse ano, pela primeira vez na minha história eu fiz a ceia de Ano Novo. Coisa inédita e quem me falasse isso há pouco tempo atrás seria encarado com riso. Eu? Cozinhar? Fazer ceia? Ceia de Ano Novo ainda por cima? Pff. Eu acharia que a pessoa estaria surtando. Mas eu fiz. E gostei muito fazer, eu e maridão fizemos. Um lombo marinado mais de 24 horas e mais 3 outros pratos. E sobremesa elaborada. Tudo na cozinha, aquele cômodo da casa que eu sempre evito e com o qual já estive muito pouco familiarizada.

Eu fiz. Na verdade não ficou assim grandes coisas não. Só a sobremesa, essa sim ficou divina. Mas foi um passo grande. Em direção à que eu não sei. Foi estranho fazer uma ceia inteira. No final estivemos com a casa cheia. Minha avó querida, a pessoa que me ama incondicionalmente veio. E foi muito legal. Espero cozinhar mais nesse ano. Porque cozinhei muito, mas comi surpreendentemente pouco. Não sei exatamente porque. E foi bom. Eu gosto demais de me surpreender positivamente. Quem não gosta né?

Então deixo esse relatinho aqui, porque o primeiro dia do ano daqui a pouco acaba e eu estou compromissada com o emagrecimento esse ano, e com esse blog em consequência. Tenho registrado tudo no diário, isso é imporantate me faz bem, mas preciso elaborar aqui o processo. É isso, então. Só, mas por enquanto.

Feliz Ano Novo. Bem Leve.

Sonho e escrevo em letras grandes de novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *